Assaltantes invadem casa de agente penitenciário e agridem filho dele, na Serra, ES

Vítima é moradora do bairro Residencial Centro da Serra e foi obrigada a abrir a casa e ainda mostrar objetos de valor para criminosos. Ao todo, foram levados cerca de R$ 30 mil em joias e equipamentos eletrônicos. Um dos assaltantes, um homem de 40 anos, foi preso e levado para a Delegacia Regional do município.

12
Adolescente foi levado para Delegacia Regional da Serra, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Um adolescente de 17 anos, filho de um agente penitenciário, foi rendido e agredido por assaltantes que invadiram a casa da família, na última quarta-feira (15), em Residencial Centro da Serra, na região de Serra-Sede, na Grande Vitória.

No momento que os criminosos invadiram o quintal ninguém estava em casa mas a vítima chegou logo depois, foi rendida e obrigada a abrir a porta para os assaltantes.

Além do adolescente, moram na casa o pai dele, a madrasta dele, que também é agente penitenciária, a filha do casal de um ano.

De acordo com a madrasta, que pediu para não ser identificada, os assaltantes invadiram a casa pulando o muro do vizinho.

“Usaram o andaime do vizinho pra subir no muro dele e pularam em cima do telhado e entraram dentro de casa. Eles estavam forçando a janela pra entrar quando meu enteado chegou. Quando ele chegou, o cara já estava com a arma na cara dele. Perguntou quem morava na casa e ele falou: ‘sou eu, meu pai, minha madrasta e minha irmãzinha’, contou.

O adolescente ficou refém dos criminosos por cerca de 20 minutos. Depois de ordenarem que ele abrisse a casa, os criminosos mandaram ele mostrar o que tinha de valor e também desbloquear o celular.

Segundo a madrasta, quando os criminosos descobriram que o pai dele era inspetor penitenciário ficaram revoltados.

“Viu lá a conversa pai o pai fardado e aí falaram ‘teu pai é polícia, teu pai é polícia, cadê a arma?”, contou a madrasta do adolescente.

O adolescente foi trancado dentro de casa e os suspeitos fugiram em um carro onde estava um terceiro criminoso.

Ao todo, foram levados cerca de R$ 30 mil em joias, notebook, carteira com documentos e dinheiro, além de outros equipamentos eletrônicos.

Com os dados da placa, a Polícia Militar conseguiu chegar até um dos assaltantes, um homem de 40 anos, que foi preso e levado para a Delegacia Regional do município. No local, ele negou participação no roubo e não denunciou os comparsas. A maior parte dos objetivos roubados ainda não foi recuperada pela família.

Fonte: g1 ES

Comentários Facebook