Banestes registra lucro líquido de R$ 81 milhões no 1º trimestre, 33,6% superior em relação a 2021

Recebem destaque o crescimento das receitas com crédito e operações de tesouraria.

22

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) divulgou publicamente, nesta sexta-feira (13), o resultado apurado relativo ao primeiro trimestre de 2022 (1T22). Os dados conferem o lucro líquido do banco de R$ 81 milhões, 33,6% superior ao apurado no mesmo período de 2021, principalmente relacionado ao crescimento das receitas com operações de crédito (+38,1% em 12 meses) e com operações de tesouraria (+344,3% em 12 meses).

As informações do resultado foram apresentadas em evento público em formato on-line, transmitido ao vivo, conduzido pelo diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, e pelo diretor de Relações com Investidores e de Finanças do Banestes, Silvio Henrique Brunoro Grillo. Os dados estão disponíveis para consulta no site de RI do Banestes, e também nos sites da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Bolsa de Valores.

Quando comparado o Lucro Líquido Recorrente do período com o do trimestre anterior (4T21), registra-se o aumento de 10,3%, em que foram excluídos fatos não recorrentes ocorridos em novembro de 2021 – reversão de provisão para contingência fiscal/tributária de R$ 6 milhões, que geraram um lucro líquido adicional de aproximadamente R$ 2 milhões.

O Faturamento do primeiro trimestre do ano totalizou R$ 1,1 bilhão, elevando-se 133,9% comparado ao primeiro trimestre de 2021 e crescente 21,2% contra o quarto trimestre de 2021. A Margem Financeira Líquida somou R$ 242 milhões, avanço de 25,3% em doze meses. O Resultado Operacional atingiu R$ 136 milhões, expandindo 37,2% sobre o mesmo período de 2021. O Índice de Eficiência Operacional no primeiro trimestre de 2022 foi de 46,6% e a Eficiência Operacional Ajustada ao Risco foi de 52,7%.

O diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, destacou as ações de desenvolvimento dos negócios do banco no período. “Durante o primeiro trimestre de 2022, permanecemos focados na estratégia de desenvolvimento de soluções para os nossos clientes. Relançamos o Feirão Acordo Fácil Banestes em novo formato, agora itinerante, que percorre cidades em todo o Estado para o atendimento personalizado a clientes que precisam de suporte para a regularização financeira. Outro anúncio relevante foi a ampliação do prazo máximo para pagamento do crédito consignado aos servidores públicos estaduais e municipais, que passou para 144 meses, expandindo ainda mais os negócios da linha de crédito, na qual o Banestes já é líder no mercado. Demos prosseguimento às ações da agenda Open Banking no Banestes, firmamos, pela primeira vez, parcerias de cooperação com startups, mantivemos o anúncio de condições excepcionais para o financiamento imobiliário, além da concretização do lançamento dos cartões Banescard Visa. São algumas das ações que reforçam o excelente desempenho estratégico do período”, frisou.

O diretor de Relações com Investidores e Finanças do Banestes, Silvio Grillo, complementa ainda que, sob a ótica operacional e orgânica da Instituição, “o resultado apurado deu-se em função de fatores como o avanço da prática de operações de alienação de títulos, a manutenção da intensidade e esforço na expansão das operações de crédito (+23,5% em 12 meses e +4,5% em 3 meses), e também da prática da reciprocidade com o cliente, ou seja, o estreitamento relacional no atendimento, gerando mais benefícios e soluções mútuas, além da gestão da qualidade do crédito e da gestão e racionalização dos custos operacionais”.

No primeiro trimestre de 2022, foram destinados R$ 20 milhões aos acionistas a título de juros sobre capital próprio (JCP), o equivalente a um payout de 24,0% do lucro líquido acumulado no período. O lucro líquido por ação atingiu R$ 0,26 no trimestre.

Vale ressaltar que o desempenho do banco estadual se reflete em ganhos para a sociedade capixaba. Sob a forma de dividendos e juros sobre capital próprio, foram destinados ao acionista controlador, o Estado do Espírito Santo, a quantia de R$ 18 milhões neste primeiro trimestre, valor este aplicado conforme as prioridades de investimentos definidas no orçamento estadual.

Números

Outros destaques são o Patrimônio Líquido, que atingiu R$ 2,0 bilhões, crescendo 11,0% em relação ao mesmo período de 2021 e 3,6% contra dezembro de 2021. A relação Patrimônio Líquido e Ativo Total foi de 5,4%.

O saldo dos Recursos de Terceiros Captados e Administrados somou R$ 40,4 bilhões, crescentes 16,3% em doze meses e 8,1% em três meses. Mantendo o mesmo comportamento expansionista, os Recursos Aplicados (Ativo Total) registraram R$ 36,4 bilhões, avanços de 13,3% em doze meses e 7,2% em três meses.

A Carteira de Crédito Ampliada atingiu o montante de R$ 10,1 bilhões em março de 2022, maior 16,4% em doze meses e +1,3% em três meses. A Carteira de Crédito Comercial alcançou R$ 6,6 bilhões, expandindo 22,6% e 4,0%, respectivamente, sobre as mesmas bases comparativas.

A Inadimplência (> 90 dias) da Carteira de Crédito Ampliada encerrou o primeiro trimestre do ano em 1,2%. A Inadimplência da Carteira de Crédito Comercial no período foi de 1,8%.

A Nota de Rating em escala nacional (moeda local) para risco de crédito, medida pela Fitch Ratings, manteve-se em A+(bra) no período, com perspectiva estável, refletindo a expectativa da Fitch de que os impactos da pandemia do Coronavírus no modelo de negócios e no perfil financeiro do Banestes foram abaixo do esperado, principalmente na qualidade de crédito e nas métricas de lucratividade.

Gestão, sustentabilidade, inovação e tecnologia

O Banestes desenvolve em sua cultura organizacional os conceitos de Governança Ambiental, Social e Corporativa – ESG, na sigla em inglês, incorporando visões conectadas com os anseios dos steakholders e sociedade, buscando o constante desenvolvimento do seu papel nos âmbitos de governança corporativa, ambiental e responsabilidade social.

A Instituição ampliou no primeiro trimestre de 2022 sua atuação com carteiras de crédito específicas para o apoio às atividades produtivas, como linhas de crédito rural e microcrédito, instrumentos geradores de cidadania financeira. Além disso, somente nesse primeiro trimestre, foram disponibilizados mais de R$ 12 milhões em microcrédito às micro e pequenas empresas capixabas. O banco mantém sua relevância com as concessões de microcrédito em 2022, que já se mostram 19,8% maior que o concedido no primeiro trimestre de 2021.

No contexto da inovação, destacam-se as iniciativas focadas no ecossistema de inovação capixaba, na inovação aberta e na cultura da inovação com foco no cliente. Além disso, de janeiro a março de 2022, foi investida em Tecnologia da Informação e Comunicação a quantia de R$ 20 milhões, proporcionando melhorias nos serviços bancários, como a modernização de sistemas de informação, da infraestrutura de comunicação, da segurança da informação e da rede de autoatendimento.

Os canais digitais (Internet Banking e Mobile) foram responsáveis por 10 milhões de transações financeiras no primeiro trimestre de 2022. O aplicativo registrou pela primeira vez a marca de quase 3 milhões de transações por mês, com 15,0% de aumento nesse primeiro trimestre. Analisando as transações totais, o aplicativo é o principal canal de transações para os clientes, alcançando mais de 20 milhões de transações no primeiro trimestre de 2022.

Desde o início das operações de Pix (novembro de 2020), o banco já atingiu cerca de R$ 16 bilhões em volume transacionado e mais de 26 milhões em transações realizadas. Somente no primeiro trimestre de 2022, foram 8 milhões de transações efetuadas.

O Banestes manteve à disposição de seus clientes e usuários sua extensa rede de atendimento física, estando presente em todos os 78 municípios do Estado do Espírito Santo com no mínimo uma agência instalada. Ao todo, são 855 pontos de atendimento, compostos por 151 unidades de atendimento (entre agências e postos), 331 postos de atendimento eletrônico e 373 correspondentes Banesfácil.

Comentários Facebook