Cheia do Rio Doce: moradores ilhados e sem mantimentos são resgatados por helicóptero

Ao todo, 32 pessoas foram resgatadas nesta quinta-feira (13) em comunidades do interior de Linhares.

2

Moradores de comunidades localizadas ao redor do Rio Doce na cidade de Linhares, no Norte do Espírito Santo, precisaram ser resgatados com o auxílio de um helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar (Notaer), na tarde desta quinta-feira (13).

Em razão da inundação provocada pela cheia do rio, eles ficaram ilhados e sem mantimentos. Mulheres grávidas e crianças estão entre os resgatados.

Vídeos feitos pelas equipes mostram os resgates. De acordo com o Notaer, até o momento, 32 pessoas foram resgatadas. Cinco delas, sendo três adultos e duas crianças, foram retiradas do distrito de Jataipeba.

Outras 20 pessoas foram resgatadas da Fazenda Santo Antônio. Entre elas, estão sete adultos, oito crianças e cinco adolescentes.

Outros três adultos, três crianças e seis adolescentes foram retirados da localidade de Santa Therezinha.

Os moradores foram deixados no aeroporto da cidade de Linhares, onde há uma base do Corpo de Bombeiros para suporte e encaminhamentos.

Segundo a Prefeitura de Linhares, os resgatados estão sendo levados para a casa de parentes e para dois abrigos montados pela administração municipal, onde recebem assistência psicológica, alimentos e itens de higiene pessoal.

Com Informação: g1 ES

Comentários Facebook