Cheia do Rio Doce: ilhado, pai quase perde primeiros dias de vida do filho no ES

Marcos da Conceição foi mais um dos resgatados de comunidade ribeirinha do município, nesta sexta-feira (14)

8
Recém nascido Wenderson é o primogênito de Marcos da Conceição — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O alto nível da água no Rio Doce por conta das fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo e Minas Gerais nos últimos dias foi responsável por alagar ruas, desabrigar pessoas e poderia até mesmo impedir um pai de acompanhar os primeiros dias de vida do filho em Linhares, no Norte do ES.

O auxiliar de obras Marcos da Conceição Flores foi uma das 29 pessoas ilhadas que foram resgatadas de helicóptero. Ele foi levado para a região central do município na manhã desta sexta-feira (14), e além de ter que deixar sua casa, correu o risco de perder os momentos iniciais de vida do seu primeiro filho, o pequeno Wenderson.

“A emoção é muito grande. Primeiro filho, a gente fica agoniado”, disse Marcos sobre viver a incerteza de não saber quando conheceria o primogênito.

No fim, deu tudo certo. Com ajuda do helicóptero do Núcleo de Operação e Resgates Aéreos (Notaer), Marcos foi resgatado da comunidade de Povoação, mas detalhou a apreensão por ter ficado preso por conta da água.

“Só trator passava. Depois de seis horas da manhã, nem trator passava. Estourou tudo lá, ficou intransitável. Só com barco e helicóptero”, afirmou o auxiliar de obras.

Notaer resgata 11 famílias

Ao todo, 11 famílias de comunidades ilhadas pelo Rio Doce, em Linhares, foram resgatadas por helicópteros do Notaer nas últimas 24 horas, tendo a parcial de 29 pessoas. Dentre os resgatados estavam diversas crianças e cinco gestantes.

A situação das comunidades ribeirinhas chegou ao limite quando as pessoas estavam sem mantimentos, o que tornou o resgate um procedimento de urgência.

A operação de resgate vai continuar, de acordo com as autoridades.

Famílias foram resgatadas em Linhares após cheia do Rio Doce — Foto: Divulgação/Notaer

Com Informação: g1 ES

Comentários Facebook