Caminhão carregado com 20 toneladas de rocha é flagrado com freio amarrado por arame no ES

A irregularidade foi flagrada em Linhares. Segundo os agentes da PRF, os caminhoneiros isolam o freio com arame para evitar uma manutenção correta, colocando a vida deles e de outras pessoas em risco.

5
Caminhão é flagrado com freio amarrado por arame na BR-101, em Linhares, ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Um caminhão carregado com 20 toneladas de rocha foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta quinta-feira (11), na BR-101, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. O veículo estava sem freio e um arame amarrava o dispositivo.

Muitos caminhoneiros isolam o freio com arames para evitar uma manutenção correta. Segundo a PRF, a justificativa usada é a economia de tempo e de dinheiro.

“Eles isolam o mangote, a mangueira, amarram com arame, um plástico ou uma borracha para o ar não vazar. Só que eles não sabem o risco que eles estão gerando, porque o ar não vaza, mas também não vai ter freio naquela roda. Então, eles querem chegar em casa, eles fazem uma gambiarra para o ar não vazar, porém o veículo vai funcionar sem freio. ‘Se o ar vazar, o veículo trava. Por isso, eles amarram para seguir viagem”, explicou o inspetor Pestana, agente da PRF.

Ocorrências como esta estão se tornando cada vez mais comuns, diz a PRF. Somente em um posto localizado às margens da BR-101, em Linhares, os policiais rodoviários federais flagraram sete irregularidades em outubro deste ano. No mês de novembro já foram dois registros.

Os agentes alertam que essas alterações podem colocar em risco a vida do motorista do caminhão e de outras pessoas que passam pela rodovia já que, dependendo das condições, o motorista pode não conseguir frear repentinamente.

“A gente abordou, no plantão passado, um caminhão com três eixos e um dos eixos sem os freios, tanto a roda esquerda quanto a roda direita, inclusive sem a ‘cuíca’, que é o sisteminha que vai acionar esse freio. Se são três eixos, digamos então que um terço dos freios não estava funcionando e esse veículo estava com 20 toneladas em cima dele. Olha o perigo que ele está causando para a sociedade”, ressaltou Pestana.

Adulterar o freio do caminhão é crime previsto no código penal por expor em perigo a vida ou a saúde de outras pessoas. A punição é uma multa de R$ 195, além de cinco pontos na carteira de motorista.

“Isso é muito perigoso porque o veículo perde completamente a sua capacidade de frenagem e pode ocasionar graves acidentes. E a polícia entende e encaminha para o Ministério Público estadual essas ocorrências para que esses condutores sejam responsabilizados segundo a lei brasileira”, informou o inspetor Costa Negro, agente da PRF.

Com Informação: g1 ES

Comentários Facebook