Luciana Andrade entrega ao Tribunal de Justiça lista sêxtupla para vaga de desembargador(a)

A vaga do Ministério Público no Tribunal de Justiça, chamada de quinto constitucional, cumpre o artigo 107 da Constituição Federal de 1988.

30

Após finalizada a eleição para a lista sêxtupla visando a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJES), às 17 horas desta sexta-feira (03/09), a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), Luciana Andrade, foi pessoalmente à instituição entregar a relação de membros e membras eleitos pelo órgão ministerial. Luciana Andrade foi recebida pelo presidente em exercício do tribunal, desembargador José Paulo Calmon Nogueira da Gama. A entrega foi realizada no início da noite, no gabinete da Presidência do TJES. 

Após a entrega, os(as) desembargadores(as) escolherão três nomes e encaminharão a lista tríplice com os membros e membras do MPES para o governador, que indicará o(a) novo(a) desembargador(a).

O secretário-geral do Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, promotor de Justiça Francisco Martínez, acompanhou Luciana Andrade na visita institucional.

Foram eleitos os(as) seguintes membros(as), conforme a ordem de votação:

1. Eder Pontes da Silva – 192 votos

2. Maria Clara Mendonça Perim – 138 votos

3. Josemar Moreira – 117 votos

4. Vera Lúcia Murta Miranda – 89 votos

5. Adriana Dias Paes Ristori Cotta – 87 votos

6. Sueli Lima e Silva – 85 votos

A vaga do Ministério Público no Tribunal de Justiça, chamada de quinto constitucional, cumpre o artigo 107 da Constituição Federal de 1988, que determina que os tribunais serão compostos em um quinto dentre membros do Ministério Público com mais de dez anos de carreira e advogados com mais de dez anos de efetiva atividade profissional.

Comentários Facebook