Mulher morre aos 121 anos, 3 a mais do que a mais velha do mundo reconhecida pelo Guinness

Lúcia Adelina Felipe, moradora do interior de Fundão, ES, morreu nesta quinta-feira (26). Mulher reconhecida como a mais velha do mundo pelo Guinness World Records, o livro dos recordes, é uma japonesa de 118 anos.

40
Lúcia Adelina Felipe em foto de 2016 — Foto: Reprodução/TV Gazeta

A idosa Lúcia Adelina Felipe, moradora do interior de Fundão, no Espírito Santo, morreu nesta quinta-feira (26), aos 121 anos.

A certidão de nascimento dela mostra que Lúcia nasceu no dia 20 de janeiro de 1900, ainda no século XIX .

Ela vivia em uma casa simples e lá ela limpava, cozinhava e lavava a própria roupa. Lúcia gostava de pescar e ia a pé pegar peixes no Rio Reis Magos.

Em entrevista realizada em 2016, a idosa falou sobre o segredo para tanta vitalidade. Para ela, o motivo de suas forças está no trabalho.

“Trabalhava muito, muito! Desde quando era criança, eu ia pra roça trabalhar com meu pai e minha mãe na enxada”, lembrou.

Certidão de nascimento de Lúcia mostra o ano que ela nasceu, 1990 — Foto: Reprodução/TV Gazeta

A mulher reconhecida como a mais velha do mundo pelo Guinness World Records, o livro dos recordes, é uma japonesa de 118 anos, três a menos que Lúcia.

Com Informações: G1 ES

Comentários Facebook