Vereadores de São Mateus conhecem projeto de expansão da Oxford Porcelanas

Entusiasmado com o avanço do projeto, o presidente da Câmara Paulinho Fundão, vislumbra um futuro promissor para a cidade.

48
Foto: Divulgação Câmara Vereadores

Os onze parlamentares que compõem a Câmara de São Mateus visitaram nesta quinta-feira (27), as instalações da unidade capixaba da Oxford Porcelanas S.A., localizada no Polo Industrial de São Mateus, no bairro Rodocon.

A visita dos vereadores teve por objetivo conhecer, in loco, o andamento da segunda etapa do projeto de expansão da indústria no município, que deve entrar em operação no mês de julho, com a estimativa de gerar 500 postos de trabalho, chegando a um total de quase 1.000 funcionários.

A comitiva do Legislativo foi recebida pela diretoria da fábrica, que explicou o processo de crescimento da planta industrial mateense. Orçado em R$ 60 milhões pelo Grupo Oxford, o novo projeto proporcionará abertura de novas vagas para o trabalhador local.

“Nosso povo de São Mateus precisa de emprego. A partir de julho serão contratadas quinhentas pessoas nesta fase e, daí para frente, virão outros investimentos para mais empregos”, ressaltou o gerente geral da Oxford no Espírito Santo, Charles Rubens Dums.

Leonides Levermann, gerente de processos industriais da Oxford Porcelanas, exaltou a parceria com o poder público, destacando o papel do Legislativo nas agendas pelo desenvolvimento do município.

“É fundamental essa parceria de toda a Câmara de Vereadores com a Oxford, a participação dos vereadores neste processo. A Oxford veio para aqui para ser parceira da cidade de São Mateus”.

Entusiasmado com o avanço do projeto, o presidente da Câmara Paulinho Fundão, vislumbra um futuro promissor para a cidade. “Estamos maravilhados com este empreendimento e, indubitavelmente, tenho certeza de que seremos parceiros da Oxford, que também é parceira do município. Espero que, em breve, nós possamos estar aqui inaugurando também a terceira fase e gerando muito mais emprego para o nosso povo”, concluiu.

Foto: Divulgação da Câmara de Vereadores

 

Comentários Facebook