Santander lança estratégia de incentivo ao ciclismo. Bikes poderão ter 100% do valor financiado e sem limite máximo 

Banco oferece financiamento de bikes e peças, sem limite máximo de valor, seguro de vida e acidente para ciclistas e pontos de apoio em rotas de treinamento

24
Foto: Ricardo Hara/Santander

O Santander Brasil anunciou ações para fomentar a prática do ciclismo no País. Entre as novidades, estão uma linha de financiamento exclusiva para a compra de bicicletas e peças, e uma mudança de paradigma no mercado de seguros. A partir de agora, o Banco estende aos ciclistas amadores ou profissionais a cobertura de suas apólices de vida e acidentes pessoais. Além disso, casos de roubo ou furto qualificado de bikes foram incluídos nos planos de seguro residencial.

“A bicicleta está ou esteve presente na vida de quase todos nós em algum momento, e vemos recentemente um grande aumento do interesse dos brasileiros pelo seu uso para transporte, lazer e como prática esportiva”, afirma Patricia Audi, vice-presidente de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil. “Isso ficou claro para nós após patrocinarmos a revitalização da ciclovia da Marginal do Rio Pinheiros, por onde hoje já trafegam mais de 70 mil ciclistas a cada mês.”

Para facilitar a entrada de novos praticantes e a renovação das bikes daqueles que já pedalam, o Santander ampliou o CDC Bike, um produto diferenciado que permite o financiamento de 100% do valor de bicicletas e peças a partir de R$ 2,5 mil – sem limite máximo de valor, para contemplar também os modelos competitivos – com taxa de 1,69% a.m. e pagamento em até 48 parcelas.

A partir de agora, quem contratar o seguro de vida do Banco estará protegido contra acidentes sofridos enquanto pedalam. Além disso, o seguro residencial passará a cobrir o roubo ou furto qualificado de bicicletas que estiverem nas casas dos clientes.

“Ciclistas esportivos costumam ter bicicletas de alto valor e correm riscos pedalando em trilhas e na estrada, mas faltavam produtos desenvolvidos sob medida para garantir a segurança e a tranquilidade dos atletas amadores e profissionais. Nossos novos seguros e a linha de financiamento vêm para ocupar esse espaço e abrir novas possibilidades para os praticantes”, disse Marcelo Labuto, diretor de Pessoa Física do Santander Brasil.

COMPETIÇÕES

As ações marcam a ofensiva do Banco no apoio ao ciclismo esportivo, que inclui o patrocínio à exibição de provas nacionais e internacionais. Nesta segunda-feira, o Banco anunciou apoio ao ciclista Henrique Avancini, líder do ranking mundial de mountain bike e um dos favoritos ao pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Avancini fará sua preparação e último período de treinos na Europa, antes de viajar ao Japão para os jogos que acontecem a partir de 23 de julho.

A marca estará presente na transmissão do Grand Tour de ciclismo de estrada dos canais ESPN. O circuito conta com as principais provas do esporte no mundo, como o Tour de France e o Giro D’Italia. No canal Bandsports, o banco veiculará anúncios nas exibições do MTB Festival, a mais importante competição de mountain bike do Brasil.

Para Henrique Avancini, o crescente interesse dos brasileiros pelo ciclismo torna o momento propício para a parceria com o Santander. “Esse boom ainda não foi acompanhado por um aumento da estrutura, do apoio ou de visibilidade para quem vive do esporte, ou quer levar mais a sério os treinos. Quando um banco oferece serviços como um seguro para acidentes ou crédito para a compra de bikes competitivas, acredito que podemos levar o ciclismo para um outro patamar”,

acrescenta o atleta.

MERCADO

Segundo a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), as vendas do veículo cresceram 50% em 2020 quando comparadas a 2019. O mercado de mountain bike, especialidade de Avancini, representa 85% das vendas no País. A união entre ganhos de saúde, segurança sanitária e a possibilidade de fazer uma atividade física ao ar livre são alguns dos fatores apontados para o aquecimento do setor neste período.

“O ciclismo esportivo é praticado por milhões de brasileiros de todas as regiões do País, de todas as idades e em zonas urbanas e rurais. Com o patrocínio ao Avancini e das transmissões de TV queremos amplificar o impacto e o conhecimento da modalidade no País e conversar diretamente com esse público, oferecendo produtos e serviços que realmente atendam às necessidades de quem gosta do esporte”, afirma Igor Puga, diretor de Marketing e Marca do Santander Brasil.

CICLOVIA DO PINHEIROS

O Santander atua ativamente no segmento desde o ano passado, quando patrocinou a revitalização da ciclovia do rio Pinheiros, em São Paulo, reinaugurada em agosto daquele ano pelo Governo de São Paulo após passar por renovações no asfalto, vegetação e segurança. Em dezembro, o Banco inaugurou a Parada Santander, uma estação de apoio e conveniência para os cerca de 70 mil ciclistas que frequentam a rota todos os meses.

Sucesso de público, a Parada Santander, localizada próxima à Estação Vila Olímpia, proporciona um local para reparos de equipamentos, carregadores de celular e espaço de descanso. O modelo será replicado em outros pontos do País, com novos formatos e serviços. No espaço patrocinado pelo Banco, os visitantes têm um atendimento gratuito com orientações básicas, além de reparos e higienização das bicicletas, carregadores de celulares e vapor d’água para as pessoas se refrescarem. O ambiente ainda tem um contêiner com diversos serviços aos ciclistas, um deles é o Light FIT, que é um atendimento diário e gratuito no qual o usuário recebe orientações de comportamento do uso e passeio da bicicleta, além de reparos básicos e higienização.

PARCERIA STRAVA

Para conectar ciclismo esportivo, e-sports e tecnologia, o Santander disponibilizará um benefício exclusivo para clientes junto ao app Strava, ampliando de um para dois meses o acesso gratuito, a partir de hoje. O Strava é um aplicativo de monitoramento de atividades físicas por GPS com integrações a redes sociais como Instagram, Facebook e Twitter.

Referência para praticantes de exercícios físicos, o Strava é amplamente adotado por milhões de ciclistas de todo o mundo, que se conectam em rede. O aplicativo permite que os usuários se convidem para disputas em circuitos pré-definidos. A parceria com o banco prevê que o próprio atleta lance desafios na plataforma: o “Avancini 102km, por Santander” convidará pessoas em qualquer lugar do mundo a pedalar a mesma distância que o tornou campeão mundial na Mountain Bike Maratona em 2018, em Auronzo di Cadore, na Itália.

PATROCÍNIOS NA TV

O Santander também anunciou a aquisição de cota de patrocínio da transmissão dos principais quatro Grand Tours do ciclismo mundial: Giro D’Italia (8/5 a 30/5), Tour de Suisse (6/6 a 13/6), Tour de France (26/6 a 18/7) e Vuelta a España (14/8 a 5/9), que serão transmitidos nos canais ESPN.

No canal Bandsports, também com patrocínio Santander, será televisionado o tradicional MTB Festival, evento nacional de Mountain Bike que esse ano acontecerá em Mariporã (SP), de 05 a 07 de novembro. O MTB Festival deve contar com mais de 4.500 atletas, disputando três títulos brasileiros simultâneos, divididos nas categorias de XCM Elite Pró Brasileiro; XCM Sport; DH Brasileiro e XCO/UCI Brasileiro.

Sobre Henrique Avancini

Henrique Avancini, 32, chega nas Olimpíadas como o líder do ranking mundial de ciclismo de mountain bike. Sua trajetória é vitoriosa: ganhou títulos nacionais em todas as categorias existentes, é detentor dos principais recordes do ciclismo brasileiro e se consagrou com a conquista do campeonato mundial MTB XCM em 2018, na Itália. Em outubro de 2020, foi campeão da Copa do Mundo de XCO, disputada na República Tcheca, vitória que o levou ao topo do ranking da categoria.

Seu pai era dono de uma oficina de conserto de bikes e foi quem construir a primeira bicicleta para o filho, a partir de sucatas. Após ser campeão em todas as categorias brasileiras de MTB, Avancini foi para Europa, onde se estabeleceu como um dos principais ciclistas de mountain bike em atividade.

Comentários Facebook