Rose acerta ida do secretário nacional de Transportes ao ES no dia 21 para assinar municipalização da BR-101 em Iconha

A medida permitirá várias obras com recursos da prefeitura no trecho que atravessa a cidade, como a construção de uma ciclovia, anunciou o prefeito Gedson Paulino

3

O secretário nacional de Transportes Terrestres, Marcello Costa, acertou nesta segunda-feira (13) com a senadora Rose de Freitas (MDB-ES) a ida dele ao ES no próximo dia 21 para, entre outros compromissos, assinar a municipalização do trecho da BR-101 de três quilômetros que corta Iconha.

“É um grande benefício à cidade, que poderá realizar com recursos próprios as melhorias necessárias no local”, comemorou Rose.

A municipalização de rodovias federais no Espírito Santo foi um dos assuntos da longa audiência da senadora nesta segunda-feira (13) na Secretaria Nacional de Transportes Terrestres, vinculada ao Ministério da Infraestrutura.

A entrega a Iconha do trecho da BR-101 que corta o município foi possível pela conclusão do contorno rodoviário local, que desviou esse trecho do tráfego intenso.

Presente à audiência, o prefeito da cidade, Gedson Paulino, informou que, com a municipalização, fará diversas melhorias no trecho, incluindo a construção de uma ciclovia.

Serra – Outros prefeitos capixabas participaram remotamente da audiência de Rose de Freitas com o secretário nacional de Transportes Terrestres. O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, obteve de Marcello Costa a autorização para construir dois acessos à BR-101, enquanto não se oficializa a municipalização no trecho que atravessa a cidade, o que somente será possível quando estiver concluída a obra do Contorno do Mestre Álvaro.

Ficou acertado que a prefeitura enviará a documentação necessária à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para as duas obras de acesso. Marcello Costa colocou a equipe de engenharia da sua Secretaria à disposição da prefeitura da Serra para agilizar o aval da ANTT.

“Com estes acessos na Serra estaremos, de certa forma, antecipando a municipalização, que só pode ser oficializada quando a obra do Contorno do Mestre Álvaro estiver concluída. A entrega de trechos de rodovias federais aos municípios dá às prefeituras a liberdade de fazer as obras que acharem necessárias nos trechos transferidos”, declarou Marcello Costa na audiência a Rose de Freitas.

Comentários Facebook