Cientistas de Harvard e da Samsung trabalham para copiar e colar cérebro humano em chip

“Engenharia reversa” tem objetivo de tornar a tecnologia mais inteligente e autônoma, segundo desenvolvedores

107
Imagens de neurônios de rato na matriz de nanoeletrodos (Foto: Reprodução/Samsung)

Cientistas da empresa Samsung e da Universidade de Harvard querem construir chips de computador mais inteligentes. Para isso, eles devem usar uma técnica de copiar e colar – famoso “Ctrl + C e Ctrl + V” – as informações cerebrais em uma rede de memória 3D.

De acordo com os pesquisadores, essa “engenharia reversa” pode levar os chips a imitarem melhor os cérebros, com aprendizado otimizado, adaptação e até autonomia e cognição.

A ideia é copiar o mapa de fiação neural do cérebro com um arranjo de nanoeletrodos para registrar sinais elétricos produzidos pelos neurônios. O mapa extraído deve ser colocado em um chip de memória.

“A essência é copiar o mapa de conectividade sináptica funcional de uma rede de mamíferos usando ferramentas avançadas de neurociência e, sem seguida, colar esse mapa em uma rede tridimensional de alta densidade de memórias de estado sólido”, disseram os cientistas no artigo do estudo.

“A visão que apresentamos é altamente ambiciosa”, afirmou o Dr. Ham, um dos envolvidos na pesquisa, em nota da Samsung. “Mas trabalhar em direção a esse objetivo vai ultrapassar os limites da inteligência da máquina, neurociência e tecnologia de semicondutores”, complementou.

 

Comentários Facebook