Servidor da prefeitura de Sooretama assassinado com oito tiros

“Nós iniciamos o trabalho e achamos que, em muitos casos, o que parece difícil acaba se tornando fácil”, disse o delegado Fabricio Lucindo.

68
Bruno chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

A morte de Bruno Constantino, funcionário da prefeitura da cidade, assassinado na porta de um posto de atendimento 24 horas, movimentou investigadores da Décima Sexta Delegacia Regional. Eram por volta das 19 horas de terça-feira (30/03), quando desconhecidos atiraram na direção da vítima. A perícia constatou que oito tiros acertaram partes vitais do seu corpo provocando óbito, mesmo após socorro.

O delegado do caso, Fabrício Lucindo disse que não é um caso de fácil elucidação. “No local, policiais ouviram muito pouco acerca de quem cometeu o crime. Houve informações controversas sobre o veículo usado na ação: se um carro ou moto. Mas, nós iniciamos o trabalho e achamos que, em muitos casos, o que parece difícil acaba se tornando fácil”, disse o delegado.

Durante toda a manhã, policiais recolheram câmeras de monitoramento, particulares e da própria prefeitura, o que será fundamental na busca pelos assassinos.

A vítima já foi alvejada por tiros em outra ocasião. Populares afirmaram que Bruno ficou um bom tempo fora da cidade ou sem muita exposição, mas atualmente estava trabalhando na Prefeitura de Sooretama.

Quem tiver alguma informação que possa auxiliar a Polícia é só ligar para 181. As ligações são gratuitas e não é necessária a identificação.

Com informação: Norte Notícia

Comentários Facebook