Sesa nega que pacientes estejam morrendo na fila de espera para internação no Roberto Silvares, em São Mateus

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, apesar da ocupação do hospital estar em nível crítico, a Central de Regulação está executando as transferências

35

Diante de informações falsas que circulam nas redes sociais, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) enviou uma nota à imprensa na noite de domingo (21), negando que pacientes estejam morrendo na fila de espera para internação no Hospital Estadual Dr. Roberto Silvares, no município de São Mateus. De acordo com a Sesa, apesar da ocupação do hospital estar em nível crítico, a Central de Regulação da secretaria está executando as transferências e há altas de pacientes programadas.

A secretária ressaltou ainda que, desde o início da pandemia, o Governo do Estado adotou a estratégia de qualificação e reestruturação da rede de atenção à saúde e o fortalecimento do papel da regulação do Estado, com objetivo de garantir o acesso à atenção hospitalar em todas as regiões e a todos os pacientes que desenvolvam formas graves da doença.

Segundo a Sesa, a rede do SUS está sendo ampliada por meio do “Programa Leito Para Todos” e novos leitos serão abertos nos próximos dias. A expectativa é que até o final do mês de abril a rede SUS capixaba esteja ofertando 900 leitos de UTI covid. Atualmente, o estado conta com 793 leitos de UTI e 778 de enfermaria, exclusivos para pacientes covid.

A Secretaria de Estado da Saúde afirmou ainda que tem trabalhado intensamente no enfrentamento da pandemia, para garantir que não haja comprometimento no atendimento de todos os pacientes. No entanto, é necessário também que a população siga as orientações do governo quanto às medidas de isolamento para diminuir a transmissão da doença.

 

Comentários Facebook