Medidas preventivas da prefeitura funcionam e São Mateus tem os menores índices de covid entre os maiores municípios capixabas

15

Dados repassados pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA) na última semana de fevereiro indicam que São Mateus apresenta os menores índices de Covid 19 entre os 10 municípios mais populosos do Espírito Santo. Mesmo com a alta temporada de veraneio, que trouxe consigo uma expectativa de explosão de casos, os números mantiveram-se em níveis razoáveis, em comparação com o quadro geral.

Houve um forte aumento de casos em dezembro de 2020, na segunda onda, quando o Município atingiu o pico de 1.228 novos contágios confirmados, mas as campanhas e ações da Força-tarefa Pela Vida, como ficou conhecida a operação da Secretaria Municipal de Saúde que se estendeu durante todo o verão e ainda está acontecendo, com a vacinação dos principais grupos de risco, tiveram êxito: no final de fevereiro contabilizou-se um total de 658 casos, numa redução de 40,7% em relação àquele período crítico.

Segundo informações constantes no Painel Covid, 5,4% da população mateense já tiveram contaminação, enquanto no Estado como um todo esse índice chega a 8% dos habitantes. Outro índice que mostra a eficácia e a necessidade da continuidade das ações preventivas é a queda do número de perdas humanas: apenas do pico da segunda onda até agora houve uma redução de 51,6% no número de óbitos. Em números totais, São Mateus perdeu para a pandemia, até o dia 1º de março, 160 pessoas, o que corresponde a 0,12% da população.

NÃO HÁ O QUE COMEMORAR

Mesmo com todos esses dados, aparentemente favoráveis, não há o que comemorar. A pandemia ainda não mostra sinais de estar controlada, e mais do que nunca é preciso redobrar os cuidados de prevenção: a população deve evitar aglomerações ou circular desnecessariamente, sozinha ou em grupos, obedecer ao distanciamento social, fazer o uso contínuo da máscara de proteção e a higienização correta das mãos, utensílios e itens de compras, com álcool 70%.

Comentários Facebook