Dionizio Gonzaga, diretor do Sine de Nova Venécia é assassinado ao chegar ao trabalho

85
Dionizio chegava para trabalhar quando foi assassinado.

O Diretor do Sine de Nova Venécia, Dionizio Gonzaga, foi morto a tiros quando chegava para trabalhar, nesta manhã (23), por volta das 6:50 quando indivíduos armados efetuaram disparos de arma de fogo contra ele, que veio a óbito no local.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia militar estiveram no local, isolando a área. O corpo foi removido para o Serviço Médico Legal de Linhares, depois dos levantamentos realizados pela perícia da Polícia Civil. O crime aconteceu em Frente a Agência do Sine, que fica próxima à Ciretran de Nova Venécia. A motivação do crime será investigada.
Dionizio, segundo a reportagem do Site do Jornal A Ilha apurou,  em 2019 teve sérios problemas com aluguel de tendas para a festa da cidade. E que na ocasião teria sido ameaçado de morte. Essa situação deverá ser investigada como um dos prováveis motivos para o assassinato.
Um empresário da cidade que conhecia bem Dionizio, e pediu para não ter o nome divulgado, revelou à reportagem que ele era do tipo “não levar desaforo para casa”.
Comentários Facebook