Ministro da Justiça e Segurança Pública visita Cariacica

30
Fotos Claudio Postay

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, visitou, na manhã desta sexta-feira (19), as instalações do 4ª Companhia de Polícia Militar, em Nova Rosa da Penha I. Em seguida, ele conheceu a sede do 6º Batalhão de Bombeiros Militares (CBMES) e a Defesa Civil Municipal, localizada em São Francisco.

A visita do ministro no Espírito Santo faz parte da “Agenda Segurança Pública 2021”, do Sistema Único de Segurança Pública (Susp). André Mendonça acompanhou o trabalho das forças de segurança pública na operação “Estado Presente”, do governo do Estado.A recepção, realizada primeiro em Nova Rosa da Penha I, contou com o prefeito Euclério Sampaio; o secretário de Governo, Messias Donato; secretário de Defesa Social, Claudio Victor, secretário de segurança de Estado, coronel Alexandre Ramalho; o gerente de Operações Integradas do Estado, coronel Evandro Teodoro de Oliveira; o tenente-coronel Paulo Roberto Schulz Barbosa; o senador Marcos do Val e deputados federais. No 6º CBMES, o ministro encontrou com a vice-prefeita, Edna Furtado; o tenente-coronel Marcio Nascimento Rodrigues; o subsecretário de Defesa Social e coordenador da Defesa Civil, coronel Wagner Borges; entre outros agentes do CBMES.“Nosso papel, o do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em primeiro lugar, é apoiar o estado. Queremos estreitar as parcerias com as autoridades de segurança pública, fortalecer os órgãos policiais e dar maiores estruturas. A vinda aqui tem a finalidade de fazer com que essa parceria traga mais resultados concretos, principalmente, para o cidadão capixaba”, disse o ministro André Mendonça. O prefeito Euclério Sampaio agradeceu a visita de Mendonça e reforçou o apoio do ministério.“A visita do ministro em Cariacica é fundamental para mostrar que nossa segurança está alinhada com o Governo Federal. Nós precisamos de união de todas as forças, tanto da Polícia Militar, Polícia Civil, quanto do Corpo de Bombeiros, Força Nacional, Defesa Civil, para que a população fique cada vez mais segura”, destacou.

Comentários Facebook