Segurança do Senador Marcos Do Val é escapa da morte em morro de Vitória

107

Um policial do Senado Federal, que estava em Vitória para fazer a segurança do senador Marcos Do Val, escapou da morte ao ser violentamente espancado no Morro da Garrafa, em Vitória. Ele queria participar de uma festa clandestina no local, mas foi reconhecido por traficantes. Depois de baterem nele, os suspeitos, que estavam armados com uma submetralhadora, devolveram os pertences roubados.

O morro fica na região da Praia do Suá. O policial do Senado, de 37 anos, foi espancado por volta das 22h30 deste domingo (14). Ele está hospedado há dois dias em um hotel da região e contou para a polícia que subiu o morro para um momento de diversão.

 O policial estava de folga e resolveu ficar em um bar, tomando cerveja. Foi quando ele viu várias pessoas subindo para o Morro da Garrafa e resolveu perguntar o que estava acontecendo e se era tranquilo ir até o local. Ao receber uma resposta positiva, ele resolveu ir junto. No entanto, já na parte alta, teve uma surpresa nada agradável.

A vítima foi abordada por vários homens armados, que o reconheceram como policial e acabaram o agredindo com vários socos, chutes e coronhadas. Os suspeitos roubaram a arma e todos os pertences. Ele conseguiu se livrar e correr novamente para baixo, onde pediu ajuda no Pronto-Atendimento da Praia do Suá.

Devido às agressões, ele ficou com a cabeça bastante machucada e precisou ser transferido para um hospital. Cerca de duas horas depois, um homem apareceu no P.A. e devolveu os pertences, com exceção das munições. Ele disse ao policial que as pessoas do morro não queriam confusão com ninguém.

A arma do policial já está com a Polícia Civil e deve ser retirada pela própria vítima, que voltará para Brasília nos próximos dias.

Com Informações: FV

Comentários Facebook