ES segue sob risco de alagamentos e inundações por causa da chuva

Além da Defesa Civil Estadual, Institutos Nacionais de Meteorologia e de Pesquisas Espaciais emitiram alertas sobre possíveis acidentes causados pelo mau tempo no estado.

28
Tempestade provocou queda de árvore em Nova Venécia, no ES. — Foto: Reprodução/TV Gazeta

De acordo com um boletim emitido pela Defesa Civil Estadual no fim da tarde desta segunda-feira (8), o Espírito Santo segue sob risco de alagamentos, inundações e enxurradas em áreas urbanas por causa da chuva que atinge o estado.

Vários transtornos já foram registrados em várias partes do estado durante o dia, como quedas de árvores, destelhamento de casas e deslizamento de rocha. Apesar disso, não há registros de desabrigados ou desalojados, segundo a Defesa Civil. Em Vila Velha, o Terminal de Itaparica ficou alagado duas semanas após a reabertura.

Entre as 17h de domingo (7) e as 17h desta segunda (8), os maiores acumulados de chuva foram registrados em Fundão, Governador Lindenberg e Afonso Cláudio. Veja a lista:

  • Fundão 80.97mm
  • Governador Lindenberg 80.90mm
  • Afonso Cláudio 77.33mm
  • Venda Nova Do Imigrante 75.60mm
  • Viana 73.36mm
  • Conceição Da Barra 70.60mm
  • Conceição Do Castelo 68.60mm
  • Linhares 68.60mm
  • Brejetuba 68.20mm
  • Ibiraçu 67.29mm
  • Serra 65.74mm
  • João Neiva 64.22mm
  • Aracruz 62.98mm
  • Itaguaçu 62.58mm
  • Baixo Guandu 62.40mm
  • Guarapari 62.36mm
  • Cachoeiro De Itapemirim 60.81mm
  • Vitória 60.43mm
  • Rio Bananal 60.40mm
  • Laranja Da Terra 57.80mm
  • Vila Velha 57.56mm
  • Cariacica 55.11mm
  • Viana 54.89mm
  • Colatina 54.47mm
  • Santa Teresa 53.99mm
  • Jerônimo Monteiro 53.86mm
  • São Roque Do Canaã 52.75mm
  • Santa Maria De Jetibá 52.61mm

Os Institutos Nacionais de Meteorologia (Inmet) e de Pesquisas Espaciais (Inpe) também alertam para a continuidade do mau tempo.

De acordo com o Inmet, uma área que compreende todo o estado do Espírito Santo, Sul da Bahia e Norte do estado de Minas Gerais está sob grande perigo (alerta vermelho) de chuvas intensas, com intensidade superior a 60 milímetros por hora ou maior que 100 milímetros por dia. O alerta do Inmet ainda indica grande risco de descargas elétricas, enxurradas e alagamentos.

Inmet emite alerta de Grande Perigo sobre chuvas intensas na área entre o Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. — Foto: Reprodução/Inmet

Já o CPTEC/Inpe emitiu dois avisos para o Espírito Santo. Um aviso de atenção (laranja), com risco moderado de fenômenos meteorológicos em até 72 horas, que aponta para chuvas intensas, acumulado de chuva e tempestade em todo o estado do Espírito Santo, além de Minas Gerais, Bahia e Goiás.

O outro é um aviso especial (vermelho) que aponta condições favoráveis para a ocorrência de chuvas intensas e acumulado de chuva até a manhã desta terça-feira (9) nas regiões Norte, Noroeste, Serrana e Metropolitana da Grande Vitória.

Aviso de atenção (laranja) e aviso especial (vermelho) emitidos pelo CPTEC/Inpe nesta segunda-feira (8). — Foto: Reprodução/ CPTEC/Inpe

O Instituto Capixaba de Pesquisa, assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) também emitiu um aviso meteorológico especial, nível atenção (vermelho), que prevê a continuidade das pancadas de chuvas em todo o Espírito Santo. Nas regiões Nordeste e Noroeste do Estado, as chuvas podem ocorrer com forte intensidade.

Aviso Meteorológico do Incaper emitido nesta segunda-feira (8) — Foto: Reprodução/Incaper

A previsão do tempo para esta terça-feira, de acordo com o Incaper, é de tempo instável, com previsão de pancadas de chuva com trovoadas em todas as regiões, que podem ser mais fortes na região Noroeste.

Na Grande Vitória, esta terça-feira tem previsão de variação de nuvens e previsão de pancadas de chuvas em alguns momentos. Temperatura mínima de 20 °C e máxima de 28 °C.

Chão do terminal de Itaparica fica alagado durante chuva, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Com Informações: G1 ES

Comentários Facebook