Vereadores de Vila Velha votam aumento de salários nesta segunda-feira

Sessão será a última presidida por Ivan Carlini, que após 12 anos na função, não conseguiu se reeleger

27
FOTO: ARQUIVO

Os defensores desse valor justificam que, “segundo a Constituição Federal em seu artigo 29 inciso V, alínea F, os vencimentos dos vereadores de município que tem mais de 500 mil habitantes poderão ser 75% do salário de deputado do seu Estado”. Um deputado estadual recebe R$ 25,3 mil brutos.

Os vereadores de Vila Velha serão responsáveis pela fiscalização de um orçamento de R$ 1,3 bilhão, a ser coordenado pelo prefeito eleito e diplomado Arnaldinho Borgo (Podemos).

Além de Arnaldinho, o vereador Bruno Lorenzutti (Podemos), apontado como futuro presidente da Câmara, é um dos chamados para se alinhar em favor da aprovação da proposta.

A sessão será a última a ser presidida pelo vereador Ivan Carlini (DEM), que após 12 anos à frente da da gestão da Casa, não conseguiu se reeleger, ficando na primeira suplência.

Reformas

O relacionamento prefeito eleito de Vila Velha com a Câmara de Vereadores foi reforçado na sessão da última quarta-feira (23), quando foi aprovada a nova redação do artigo 24 da Lei Municipal nº 4.749/2009, que dispõe sobre a Estrutura Organizacional Básica da Prefeitura Municipal.

Com essa medida, Arnaldinho Borgo fica autorizado a promover as reformas administrativas que forem necessárias, para adequar a nova gestão à atual realidade do município. O Projeto de Lei nº 5039/2020 é de autoria de diversos vereadores.

Com informação: Século Diário

Comentários Facebook