VILA VELHA: Arnaldinho anuncia mais seis secretários e reforça autonomia da equipe

Prefeito eleito diz que cumpre compromisso de campanha ao formar uma equipe de técnicos

29
FOTO; Divulgação

O prefeito eleito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo (Podemos), acompanhado do vice-prefeito, Victor Linhalis (Solidariedade), anunciou nesta quarta-feira (23) o nome de mais seis secretários e reforçou a autonomia de toda a equipe. Ele destacou que o anúncio faz parte da promessa de campanha, que é “priorizar técnicos, capacitados, com experiência”, para fazer parte do seu primeiro escalão de governo.

Cátia Cristina Vieira Lisboa será a secretária de Saúde; Márcio Passos, secretário de Tecnologia e Inovação; Everaldo Colodetti será responsável pela pasta de Desenvolvimento Econômico; Rodrigo Magnago, de Administração; Fabiana da Silva Kauark, de Educação; e Paulo Renato, de Turismo.

Os seis membros da equipe foram apresentados em reunião presencial no Studio 19, que sediou a administração da campanha. “Na próxima semana apresentaremos os demais nomes, mas já damos amostra que vamos montar um time técnico que leve os serviços de qualidade que foi negado ou oferecido com péssima qualidade aos moradores de nossa cidade”, criticou o prefeito.

 

O vice-prefeito Victor Linhalis disse que os anúncios mostram o “rompimento da nova gestão com amarras políticas”, priorizando serviços e atendimentos. “Os nomes que anunciamos hoje, mais o nome da secretária Letícia Goldner [Assistência Social], mostram que rompemos com qualquer cultura de barganha. O time será técnico, contará com nosso apoio de retaguarda, para oferecer serviço acessível e qualitativo”, completou.

A educação será um dos maiores desafios no próximo ano, ainda por conta dos efeitos da pandemia do coronavírus. A secretária Fabiana Kauark aposta na requalificação do ensino, com ensino híbrido, respaldando a saúde de alunos, profissionais da educação e famílias. “É formando hoje que investimos no amanhã. Esse amanhã será construído com a contribuição de todos nós. Com muito cuidado. Vamos trabalhar inicialmente com atividades não presenciais e evoluir para o sistema híbrido”, explicou Fabiana Kauark.

Aproximar a educação e a gestão das pessoas será um desafio de Márcio Passos, como aponta a próxima gestão. “Vamos trabalhar para tornar Vila Velha uma cidade inteligente. Para acabar com filas em unidades de saúde, por exemplo. Tornar a educação acessível e atrativa para que nossas crianças e jovens não fiquem desassistidos. Para aproximar serviços públicos das pessoas”, afirmou.

Paulo Renato exalta a fomentação do turismo, da cultura, do esporte e do lazer canela-verde. “O berço do Espírito Santo é Vila Velha. A participação dos artistas locais é fundamental para que possamos contar essa história. Precisamos que todos tenham acesso às políticas culturais da cidade”, destacou.

Cátia Lisboa, que ocupará a pasta da Saúde, afirmou: “Vamos transformar a saúde do município. Acredito no Sistema Único de Saúde. Dei minha contribuição para Vitória por 21 anos, mas chegou a hora de contribuir com a saúde do meu município. Vamos fazer a intersetorialidade do município funcionar. As palavras têm poder e vamos trabalhar para que elas se tornem realidade em Vila Velha”.

Já Everaldo Colodetti, do Desenvolvimento Econômico, disse que investimentos privados terão prioridade em Vila Velha, e Rodrigo Magnago, da pasta de Administração, ressaltou a integração, a fim de prestar um atendimento melhor à população.

Com informação: SéculoDiário

Comentários Facebook