Estado participa da entrega de Conjunto Habitacional em Cariacica

51

O Natal vai ter gosto de sonho realizado para 496 famílias de Padre Gabriel, no município de Cariacica. Com a conclusão das obras do Residencial São Roque I e II, os beneficiados passarão as festas de fim de ano na casa própria e livres do aluguel. Os empreendimentos foram contratados pela Caixa Econômica Federal no início de 2018, com recursos do Governo Federal, no valor de R$ 40,6 milhões, para a construção das unidades habitacionais, e do Governo do Estado, no valor de R$ 1,2 milhão, para a construção da infraestrutura e o fornecimento de água tratada, num investimento total de R$ 41,8 milhões.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, participou da solenidade de entrega dos apartamentos, na tarde desta segunda-feira (14), ao lado do ministro de Desenvolvimento Regional, Roberto Marinho, de representantes da Caixa, prefeito e vereadores de Cariacica.

O bairro Padre Gabriel, situado na Região 12 do município, possui uma população estimada de sete mil habitantes, e está recebendo a entrega dos empreendimentos residenciais São Roque I e II, com o total de 496 apartamentos, que abrigarão após sua ocupação um total de mais de dois mil moradores, que se integrarão à comunidade, com uma população de quase dez mil habitantes.

“É o progresso que chega ao bairro, trazendo novas pessoas que contribuirão para o crescimento econômico da região, aquecendo o comércio, a prestação de serviços, gerando mais empregos e renda para a população”, afirmou o secretário Marcus Vicente.

Os apartamentos contam com dois quartos, sala e banheiro, com infraestrutura interna completa com pavimentação, iluminação, esgoto, água tratada com medição individual, estacionamento, quadra de futebol, salão de festas, play ground e gás encanado. A seleção das famílias foi realizada pela Prefeitura de Cariacica, de acordo com os critérios definidos pelo Governo Federal e pelo município, e contempla grupos familiares com renda mensal de até R$ 1.800,00.

“Estamos possibilitando que essas famílias de baixa renda, que em muitos casos moravam em casas inadequadas, possam viver com mais qualidade de vida e dignidade. É por isso que, por orientação do presidente Jair Bolsonaro, estamos trabalhando cada vez mais para reduzir o déficit habitacional no nosso País e não deixar nenhum brasileiro para trás”, destacou o ministro Marinho.

“O déficit habitacional é uma grande preocupação do Governo do Estado, que está preparado para continuar a parceria no Programa Casa Verde e Amarela, recentemente aprovado pelo Congresso Nacional, aguardando a sua regulamentação e definição das metas para que possamos viabilizar a construção de novas moradias em nosso Estado para a população de baixa renda”, enfatizou Marcus Vicente.

 

Programa Nossa Casa

Em 2010, o Governo do Estado do Espírito Santo criou o Programa Nossa Casa, que tem atuado como parceiro dos programas habitacionais do Governo Federal, seja no espaço urbano ou no ambiente rural, aportando recursos para complemento da produção das unidades rurais e para a viabilização da infraestrutura externa dos empreendimentos urbanos.

Desde 2013, o Programa Nossa Casa investiu cerca de R$ 27 milhões, viabilizando perto de cinco mil novas moradias, com a construção de 1.550 unidades rurais, com investimentos de R$ 10,5 milhões e de 3.160 unidades habitacionais urbanas, totalizando investimentos de R$ 16,5 milhões.

Com  Informações: Assessoria de Comunicação Sedurb

Comentários Facebook