Festa da Penha 2021 será em abril e terá formato hibrido

61

O principal evento religioso do Espírito Santo, a Festa da Penha, acontecerá entre os dias 04 e 12 de abril de 2021. Na programação, atividades para um número reduzido de pessoas, obedecendo as orientações das autoridades de saúde, mantendo o formato virtual e interativo, iniciado na última edição da Festa. O tema da Festa da Penha 2021 é “Vosso olhar a nós Volvei”, em alusão ao canto tradicional da devoção Mariana e ao poder do olhar misericordioso de Nossa Senhora sobre nosso povo.

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destacou a representatividade da festa para o Estado, atraindo normalmente fiéis de todas as partes do Brasil, destacando a importância de se manter o formato virtual. “Os eventos híbridos impostos pela pandemia do novo Coronavírus deverão permanecer possibilitando o acesso de ainda mais pessoas e garantindo conforto e segurança para todos”.

O Frei Paulo Roberto, Guardião do Convento, explicou que, entre as atividades virtuais e interativas, será mantido diariamente o Programa Salve Mãe das Alegrias, ao vivo, com notícias, entrevistas e variedades, em um formato inovador. A Recitação do Terço e a Consagração à Nossa Senhora também serão realizadas diariamente em formato on-line, assim como a Eucaristia e a transmissão das missas vespertinas.

“Já as atividades presenciais, como a abertura do Oitavário e a Missa de encerramento, entre outras, acontecerão com controle de público, em número de participação conforme orientação das autoridades sanitárias. Mas, toda a programação, inclusive a que tiver público, será transmitida em nossas redes e nos canais dos veículos de comunicação parceiros do evento”, ressaltou Frei Paulo Roberto.

Tema remete ao uso das máscaras

Segundo Frei Paulo Roberto, a escolha se faz propícia no cenário atual, em que devemos renovar os votos de fé para que nossa padroeira interceda por nós. Mas, também tem outro significado nesse período de pandemia.

Ele explica que em tempos de rosto coberto pela máscara, sinal de cuidado e prevenção, o olhar adquire relevância especial. Neste “novo normal”, mascarado e com distanciamento, os olhos reforçam sua missão própria de serem o “espelho da alma” e, através deles, as pessoas aprendem a sorrir, a acolher, a cumprimentar, a abraçar, a demonstrar afeto e atenção.

“Os olhos são provocados a abandonar a cultura da indiferença e da invisibilidade para se tornarem caminho de encontro, comunhão e aproximação entre as pessoas. O olhar de Nossa Senhora em seus diversos ensinamentos também estará presente nos temas escolhidos para o Oitavário durante os dias de homenagem à Padroeira”, afirmou o Frei.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Festa da Penha

Com Informações: Assessoria de Imprensa da Setur

Comentários Facebook