Bruno cobra Plano Estadual de Vacinação  contra Covid e aumento de PMs na Serra

O deputado aproveitou a visita de Casagrande à Asembleia para cobrar ações nas áreas de seguranças e saúde, na Serra.

41

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) aproveitou o tempo que teve durante a sessão da Assembleia Legislativa que recebeu o governador Renato Casagrande (PSB), na tarde desta segunda-feira (dia 7/12), para apresentação do relatório de gestão do governo, e indagou o chefe do Poder Executivo se o Estado tem um Plano de Vacinação sendo executado, que passa pela compra de seringas, insumos, e que possa vacinar a totalidade dos capixabas.

O parlamentar também cobrou o aumento do efetivo de policiais no Estado, sobretudo na Serra, e se oficiais que passaram no concurso de 2018 poderiam ser chamados, uma vez que há déficit de PMs nas ruas.

“Com todas as dificuldades que o governo federal impõe aos estados, o Espírito Santo tem um plano estadual de vacinação sendo executado?”, questionou Bruno, que na semana passada criticou o fato de países como Rússia, Reino Unido e EUA começarem a vacinar este mês contra a Covid, enquanto no Brasil as estimativas mais promissoras apontarem para março.

Casagrande, por sua vez, garantiu: “Nós temos, sim, um Plano Estadual de Vacinação. Só que não temos a vacina. Temos seringas, toda a equipe mobilizada para atender, mas a vacina não chegou. Nosso plano está pronto. Mas dependemos do governo federal.”

O governador, inclusive, disse esperar que seja boa a reunião amanhã (dia 8/12) com o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello.  “Espero que o governo federal adquira todas as vacinas. Nós estaremos atendendo às pessoas que estiverem como prioritárias para serem vacinadas”, anunciou Casagrande.

Sobre o aumento do efetivo, o governador sinalizou positivamente. “Vamos, sim, aumentar o efetivo da polícia. Recuperar parte dele que foi perdido em anos anteriores. Estamos consultando o Tribunal de Contas do Estado sobre a ampliação das vagas de oficiais. Se o TC nos der um parecer positivo, começaremos uma turma este ano, outra em 2021 e também em 2022. Nós aproveitaremos o concurso”, afirmou.

Comentários Facebook