Contemplados pelo programa Bolsa Atleta participam de competições esportivas no final de semana

17
Krystian Kymmerson - surfista

Cinco atletas capixabas, de quatro modalidades diferentes, competem durante o final de semana em competições esportivas no Espírito Santo e também fora do Estado. Contemplados pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), os atletas vivem a expectativa de conseguir bons resultados e se destacar a nível Estadual e Nacional.

Principal surfista capixaba e contemplado na categoria internacional do programa, Krystian Kimmerson participa de duas competições seguidas na Praia de Taíba, em São Gonçalo do Amarante, Ceará. A primeira, que acontece entre sexta-feira (20) e domingo (22), será o Maresias Pro Taíba, o evento organizado pela Federação de Surf do Ceará somará pontos para o ranking brasileiro profissional da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp).

Logo depois, entre os dias 25 e 27 deste mês, Kimmerson disputará a segunda etapa do circuito Brasileiro de Surf Profissional, organizado pela Confederação Brasileira de Surf, e que definirá os campeões brasileiros de 2020 da modalidade.

Quem também participa de competição no Nordeste é a motociclista Késsia Tristão, que disputa o Campeonato Brasileiro de Enduro, em Prado, na Bahia. Atual bicampeã brasileira, ela realiza quatro provas entre sábado (21) e domingo (22), com um total de 287 quilômetros de trilhas.

“As expectativas para o torneio são grandes. Espero fazer boas provas e estou confiante para sair da Bahia com uma boa vantagem para a última etapa do campeonato brasileiro, que acontece entre os dias 12 e 13 de dezembro, em Campos do Jordão”, contou Késsia Tristão.

Atletismo

Em Bragança Paulista, interior de São Paulo, Gabriella Barcellos e Lucas Lourenço participam do Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-18, realizada no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA).

Gabriella Barcellos vai participar da prova do lançamento de dardo e Lucas Lourenço disputa os 1500 metros e 2000 metros com obstáculos. “Essa será a minha primeira competição pós-pandemia e espero muito voltar para o Estado com uma medalha. Caso não ocorra, já vou ficar feliz com uma melhora dos meus tempos, afinal esse foi um ano muito complexo para os atletas em termos de treinos”, contou Lucas Lourenço.

Os dois atletas melhores colocados de cada prova garantem vaga no Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que deve ter informações reveladas em breve.

Em Vila Velha

Único atleta a competir no Espírito Santo, o lutador de jiu jistu Richard Cominotti vive a expectativa de participar do Open Vila Velha da modalidade, competição que será disputada no ginásio do Tartarugão, em Vila Velha.

O lutador, que vai subir ao tatame na categoria juvenil, faixa azul, até 74 quilos, destacou a importância do Bolsa Atleta para os contemplados pelo programa.

“O Bolsa Atleta tem sido muito importante para todos. Eu, por exemplo, tenho usado o valor do benefício para adquirir quimonos e outros equipamentos esportivos, além de ajudar nas passagens para meus treinos”, finalizou Cominotti.

Bolsa Atleta

Neste ano, o Programa Bolsa Atleta beneficia 121 atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que varia de acordo com a categoria do atleta, dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico). O investimento total da Secretaria de Esportes e Lazer no programa é de R$ 2,1 milhões.

O valor recebido pelo atleta pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, além da aquisição de material esportivo.

Informação à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesport

 

Comentários Facebook