CARIACICA: Euclério Sampaio anuncia apoio de cinco partidos no segundo turno

As negociações centrais passam, porém, pelos três mais votados depois de Euclério e Célia, que são o Subtenente Assis (11,48%), Sandro Locutor (10,66%) e Marcos Bruno (9,75%), e, principalmente pelo PSB, do governador Renato Casagrande,.

56

Em termos de votos, as adesões até agora representam capitais de 7,11% do Dr. Helcio; 4,55% do Dr. Motta; 2,75% de Adilson Avelina; e 2,30% de Celso Andreon. A disputa no município no último domingo (15) foi acirrada, com Euclério marcando 18,81% e Célia Tavares 14,04%.

Ainda não se pronunciaram oficialmente o Pros, que disputou com Sandro Locutor; a Rede, com Marcos Bruno; o PTB, com Subtenente Assis; o PSL, com Joel da Costa; o PSB, com Saulo Andreon; o PCdoB, com Dr. Heraldo Lemos; o PMB, com Bia Biancardi; e o MDB, com Ivan Bastos.

As negociações centrais passam, porém, pelos três mais votados depois de Euclério e Célia, que são o Subtenente Assis (11,48%), Sandro Locutor (10,66%) e Marcos Bruno (9,75%), e, principalmente pelo PSB, do governador Renato Casagrande, que tem Euclério como aliado e já se reuniu com ele nessa terça-feira (16), mesmo dia do encontro com João Coser (PT), podendo entrar na articulação petista a disputa em Vitória e Cariacica.

Por enquanto, Célia Tavares dialoga com outros partidos, não tendo ainda um quadro fechado de apoiadores, como afirma. Naturalmente, ela deve receber adesão do PCdoB, que já emitiu nota em favor de Coser na Capital, e há expectativa, além do PSB, da Rede Sustentabilidade, já que Marcos Bruno se situa no campo de oposição e disparou críticas a Euclério durante a campanha eleitoral.

O candidato do PCdoB, Dr. Heraldo Lemos (PCdoB), obteve 5,50% dos votos, e Saulo Andreon (PSB), 4,45%. Já o vereador Joel da Costa obteve 7,11% dos votos; Ivan Bastos, 1,01%; e Bia Biancardi, 0,18%.

Com informação: Século Diário

Comentários Facebook