Governo do Estado disponibiliza Consulta Pública para elaboração do Plano Estadual de Políticas para as Juventudes

A Consulta Pública pode ser acessada no site juventudes.es.gov.br.

25
Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, nesta sexta-feira (25), do lançamento da Consulta Pública para a elaboração do Plano Estadual de Políticas para as Juventudes. A ação faz parte do encerramento da IX Semana Estadual de Debate Contra do Extermínio de Jovens. Disponibilizada por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), a consulta ficará disponível até o dia 20 de dezembro de 2020. A solenidade aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, e foi transmitida ao vivo pelas redes sociais.

Com a Consulta Pública, jovens de todo o Espírito Santo poderão fazer sua contribuição para a construção de políticas públicas para as juventudes para os próximos dez anos.

A Consulta Pública pode ser acessada no site juventudes.es.gov.br. Na página é possível ter acesso ao material-base para o Plano, que foi dividido em 11 eixos, entre eles: educação; saúde; diversidade e igualdade; profissionalização, trabalho e renda; cultura; segurança; e outros. Também está disponível um formulário on-line, que será o canal de comunicação entre a sociedade e o Estado para sugestões e considerações para o documento.

O governador Renato Casagrande comentou a importância da elaboração do plano. “Quando não se tem continuidade nas políticas públicas, tem-se um prejuízo para a sociedade. Quando valida um plano, vira um instrumento de luta por toda sociedade. O plano não pode ser elaborado pelo governador, pela secretária ou pela Gerência de Juventude. Ele precisa ser elaborado pela sociedade, pois é feito para o capixaba”, disse.

Casagrande também falou sobre o protagonismo dos jovens na sociedade e os desafios a serem superados:

“Sempre lutamos por um mundo sem barreiras, com uma sociedade em que possa conviver com a diferença. Lutamos pelos direitos individuais, pela cultura de paz, pela preservação do meio ambiente, pela redução das desigualdades, pelas políticas de igualdade e percebemos que isso vem sendo ameaçado. Temos que nos juntar e quem tem que liderar esse processo é a juventude. Quem tem essa energia que pode liderar a manutenção de um projeto humano e que dê passos adiante para o que desejamos como projeto de um Estado são os jovens. Temos desafios que é combater o extermínio de jovens, principalmente da juventude negra. Temos que colocar na mesa e ver o que podemos avançar na redução da violência contra os jovens”, afirmou o governador.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, também participou da solenidade e falou sobre o trabalho do Governo em promover entregas concretas para a juventude.

“Estamos aqui, enquanto Governo, para reduzir a violência, fazendo um trabalho forte que inclui a realização de cursos, cultura, segurança, lazer. Hoje iniciamos a Consulta Pública do Plano Estadual da Juventude e também foi publicada hoje a lista com os novos membros do nosso Conselho de Juventude, que tomam posse na próxima segunda-feira [28]. São muitas entregas concretas e muitas que estão por vir, como os Centros de Referência para a Juventude, que nesse ano já estamos caminhando para a construção de um em Vila Velha e outro no município de Serra, mas teremos ainda outros 12, que vão fazer com que essa política para a juventude no eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente seja ainda mais forte, real e concreta”, pontuou Nara Borgo.

O objetivo da Consulta Pública é socializar o documento que já é um resultado do esforço coletivo das juventudes do Estado, do Conselho Estadual da Juventude (Cejuve) e dos diversos órgãos da administração pública estadual, para aprimorá-lo, modernizá-lo, coletar opiniões e sugestões das juventudes, para que sirva de base para a discussão na 4ª Conferência Estadual das Juventudes, em 2021.

O resultado dos debates que serão realizados na Conferência constituirá a minuta do Plano Estadual de Políticas para as Juventudes.

“Encerrar a Semana da Juventude entregando o lançamento dessa Consulta Pública, que é algo que nós idealizamos e vemos como uma forma de conseguir a participação da nossa juventude no meio da pandemia, significa que a nossa gestão e o nosso compromisso de fato estão dialogando com a ponta. Essa é uma demanda muito antiga do nosso Conselho da Juventude e estamos conseguindo caminhar para a construção do Plano Estadual de Políticas para as Juventudes com a participação de todas e todos”, acrescentou a gerente de Políticas para a Juventude da SEDH, Fabrícia Barbosa.

Projeto JuventudES Emergencial

Durante a solenidade, também foi apresentado um balanço dos inscritos no edital do projeto JuventudES Emergencial, do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. O projeto é voltado para as juventudes capixabas que estão atuando em suas comunidades e nas redes sociais, durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O edital vai conceder premiações de R$ 1 mil a R$ 3 mil a jovens e coletivos juvenis selecionados por meio dos projetos inscritos. A divulgação do resultado será feita em breve.

Programa Estado Presente

O Programa Estado Presente em Defesa da Vida tem como objetivo reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, além de reduzir a vulnerabilidade da juventude à violência, sobretudo, a juventude negra, que é a que mais morre no Espírito Santo.

Retomado no início de 2019, com o eixo policial, o Programa lançou o eixo de Proteção Social – cujo projeto JuventudES Emergencial faz parte, em setembro do mesmo ano.

“O programa Estado Presente trabalha na proteção social, coordenado pela secretária Nara Borgo e agora teremos dois Centros da Juventude, em Vila Velha e na Serra. Os centros serão ambientes de integração total das políticas voltadas para a juventude. Teremos outros 12 Centros de Juventude estado afora”, comemorou o governador Casagrande.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo

Comentários Facebook