CONCEIÇÃO DA BARRA: PF vai atuar antes e nas eleições para conter abusos e fake news

Para identificar quem está por trás de ações visando beneficiar candidatos a prefeito, principalmente, a Polícia Federal garante que vai agir. Alvo principal são autores de notícias falsas.

112
Sede da Prefeitura de Conceição da Barra

Com histórico de município em que a disputa eleitoral envolve confrontos entre políticos e seus seguidores, sem contar denúncias e mais denúncias de artimanhas inaceitáveis, como doações de materiais de construção, remédio e até dinheiro vivo, Conceição da Barra está no radar do Tribunal Regional Eleitoral e do Ministério Público Eleitoral. E a Polícia Federal só espera ser convocada para agir. Atualmente a disputa pela Prefeitura do município envolve seis pré-candidatos.

A grande preocupação das autoridades é pelo que pode vir a acontecer diante de utilização do poder econômico que acaba por influenciar o eleitor na hora de prestar a sua cidadania que é escolher o candidato a prefeito e vereador, por meio do voto.

Apesar de município conhecido pelas suas belezas naturais, Conceição da Barra possui em torno de 22 mil eleitores, mas quando se trata de disputa política atrai interesses que transpassam seus limites. E para não fugir à regra, convive no momento com os desdobramos de atos que marcaram a disputa em 2016.

A preocupação da Justiça e Ministério Público com o momento que antecede a disputa eleitoral em Conceição da Barra não se restringe apenas ao confronto de agora, mas para lembrar do passado, que inclui o bárbaro assassinato do sindicalista Edson Barcelos que morreu lutando em defesa dos servidores municipais e por uma política mais justa para o barrense. E olha que o principal suspeito de mandante do crime acabou morrendo sem antes ir a júri popular.

Por essas e outras é que está sendo cogitada agora até em utilizar as forças policiais como Polícia Militar, Civil e até a Federal para proteger o povo barrense nestas horas.

Que assim seja!

A Assessoria de Comunicação da Polícia Federal em Vitória, disse que, se for acionada pelo TRE, prontamente estará à disposição para auxiliar na segurança das eleições em Conceição da Barra. “Nessa época a PF se torna uma polícia federal judiciária e estará pronta para atender ao requisito das autoridades que cuidam das eleições e até antes do pleito”.

TEXTO: HILMAR DE JESUS   

Comentários Facebook