Bruno Lamas garante que vai disputar a Prefeitura da Serra

O advogado eleitoral Marcelo Nunes explicou que, segundo a lei eleitoral, a partir do próximo dia 15, candidatos não podem participar de inaugurações e ordens de serviço.

25
Bruno Lamas confirma pré-candidatura na Serra

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) garantiu que a sua decisão de disputar a Prefeitura da Serra no próximo dia 15 de novembro não tem volta, ou seja, o socialista descartou a possibilidade de um recuo.

Ao discursar em evento virtual em que o governo do Estado anunciou investimentos da ordem de R$ 70 milhões, hoje (dia 3/08), Bruno anunciou que não participará, a partir do dia 15 deste mês, de ordens de serviço e inaugurações, o que é vedado pela lei eleitoral para aqueles que irão concorrer ao pleito deste ano.

“Eu estarei participando deste evento democrático (a eleição) que teremos em todo o país, inclusive aqui na Serra. Por isso, terei de acompanhar as ações do governo à distância. Mas vou vibrar com cada prego, tijolo, enfim, com cada conquista do nosso governo”, declarou o deputado socialista.

No evento, estavam presentes: o prefeito Audifax Barcelos (Rede), que não poderá concorrer à reeleição; o deputado federal Sergio Vidigal (PDT), que ainda não se decidiu; e o também parlamentar Alexandre Xambinho (PL), que também é pré-candidato na Serra.

Nos últimos dias, surgiram nos bastidores informações de que Bruno poderia compor e desistir da cabeça de chapa, o que ele nega.

O advogado eleitoral Marcelo Nunes explicou que, segundo a lei eleitoral, a partir do próximo dia 15, candidatos não podem participar de inaugurações e ordens de serviço.

“Os eventos podem ocorrer, mas sem a presença dos candidatos. Inclusive, se o prefeito for disputar a reeleição, ele não poderá comparecer. A regra vale, inclusive, para candidatos a vereador, que não poderão participar desses eventos”, esclareceu.

Comentários Facebook