SÃO MATEUS: Grávida vê o marido ser assassinado a tiro de escopeta

A mulher, grávida de cinco meses, passou mal. Ela reconheceu o assassino que foi preso.

118

Um jovem identificado pelas iniciais E.B.P; de 21 anos, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira depois de uma discussão com o criminoso, que se passava por policial juntamente com outro cúmplice. O assassino foi reconhecido pela mulher da vítima,  grávida de cinco meses, que ouviu sua voz no momento do assassinato.

O crime aconteceu por volta das 21h40 nos fundos da Usina Paulista, em São Mateus.

Logo que os policiais militares chegaram ao local foram informados pela mulher da vítima que o suspeito tinha fugido em uma caminhonete modelo L200 MITSUBISHI com chassi e placa alterados. Localizado, o suspeito acabou detido, sem antes tentar negar o crime, afirmando que havia 3 horas que estava em casa.

Ele foi levado para a Delegacia juntamente com a viúva que está grávida. Ela passou mal e teve que ser socorrida para o Hospital Maternidade.

Nos levantamentos realizados pela PM ficou provado que a caminhonete é roubada.

A viúva disse que estava no local e informou aos policiais que reconheceu a voz e a fisionomia de um dos autores do homicídio pois quando estava em seu quintal sentada com seu marido, os criminosos saíram do mato dizendo que seriam policias e dizendo para ficarem parados.

A mulher e o marido que tentou correr, teriam reconhecido o atirador.

TEXTO: HILMAR DE JESUS

 

Comentários Facebook