Suzano divulga resultado de edital emergencial e amplia investimento para apoiar iniciativas no ES

No Espírito Santo a empresa vai beneficiar 29 projetos. A ação faz parte de uma parceria com o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio)A Suzano, referência global na produção de biopr.

34

Produtos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, divulgou nesta semana o resultado do edital emergencial de apoio ao enfrentamento dos efeitos da Covid-19. A empresa recebeu 469 inscrições nos cinco estados contemplados pela iniciativa, sendo 59,5% das propostas referentes à frente de geração de renda no meio urbano e rural e outros 40,5% na linha de prevenção e combate.

Diante da ampla participação da sociedade, a empresa aumentou o aporte para R$ 600 mil, incluindo mais 22 propostas na lista final. Dos 122 projetos aprovados nacionalmente, 29 serão desenvolvidos no Espírito Santo. Os selecionados já foram comunicados via e-mail e a lista com o resultado final está disponível no site da Suzano.

“A intensa adesão reforça a importância de um projeto como este para o desenvolvimento das comunidades em geral. Essa parceria com a sociedade reitera nosso compromisso e, mais uma vez, comprova que só é bom para nós se for bom para o mundo”, enfatiza Douglas Peixoto, consultor de Desenvolvimento Social da Suzano.

Além do Espírito Santo, o edital emergencial também abrange municípios e localidades nos estados da Bahia, Maranhão, Pará e Minas Gerais. A iniciativa é fruto de uma parceria com o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), organização da sociedade civil com experiência de mais de 20 anos na conservação ambiental e operação de mecanismos financeiros.

A expectativa é que os projetos desenvolvam ações de prevenção e combate à Covid-19 que priorizam a redução de contaminação, além de minimizar os problemas sociais e sanitários. Na segunda linha de apoio do edital são considerados primordiais iniciativas de geração de trabalho e renda no meio urbano e rural.

A documentação da organização e informações complementares aos projetos devem ser apresentados para a formalização do repasse dos recursos. Os selecionados têm até o final de outubro de 2020 para desenvolver e executar a proposta aprovada.

 

Analista de Comunicação

Pauta6comunicacao

 

Comentários Facebook