Central Integrada de Segurança Pública ajuda de forma expressiva a atuação da Polícia Militar em Aracruz

27
Imagem da câmera de videomonitoramento mostra Força Tática da Polícia Militar adentrando em matagal de Santa Cruz no mês passado, quando foi apreendido grande quantidade de drogas e armas

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SESP) divulgou no início deste mês que o município de Aracruz teve o menor número de homicídios dentro da Região Norte, com 55,6% a menos no comparativo com 2019, sendo que com relação ao período de janeiro a maio, foram 12 mortes violentas, contra 27 do ano passado.

Já nos últimos 22 anos Aracruz registrou no primeiro semestre de 2020 o menor número de homicídios dolosos consumados. Foram somente cinco casos contra 22 ocorridos no mesmo período do ano passado, o que representa uma redução de 77%. De acordo com o Comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), tenente-coronel Cláudio Silva, a Central Integrada de Segurança Pública (Cisp) tem ajudado de forma bem expressiva na atuação da PM, o que contribuiu para a redução deste indicativos. “O Cerco Eletrônico e as câmeras de videomonitoramento têm evitado muitos assaltos e ajudado a prender os infratores, além de permitir a localização de veículos suspeitos que rondam nosso município”, comenta.

Recentemente a CISP flagrou e acompanhou um indivíduo tentando atropelar uma outra pessoa. A Polícia Militar foi acionada, compareceu ao local e o prendeu em flagrante por tentativa de homicídio. Desta forma, as câmeras impediram esse crime, além das imagens serem usadas como prova da ação para a conclusão do inquérito policial.

Ainda segundo o tenente-coronel é muito importante que a Prefeitura de Aracruz mantenha essa ferramenta no combate à criminalidade. “A manutenção da CISP é primordial, pois os resultados alcançados até o momento são inquestionáveis. Neste ano de 2020, só no município de Aracruz, temos uma redução de 78,2% do total de homicídios em relação 2019, sendo que, no mês de junho, tivemos nenhuma morte na área de nosso batalhão”, disse.

O comandante ainda lembrou que esta integração entre os órgão públicos também ajuda no planejamento de ações futuras. “Vale ressaltar que a integração entre as Polícias Militar, Civil e os órgãos municipais é muito importante, pois é por intermédio dela que nós conseguimos traçar metas e meios que nos permitem trabalhar da melhor forma para contribuir com o aumento da qualidade de vida da sociedade aracruzense”, completou.

TEXTO: Renato Lana

FOTO: Divulgação SECOM/PMA

Comentários Facebook