Campanha busca estimular adesão dos capixabas ao Movimento Arredondar

    Entre 16 de julho e 16 de agosto, as doações do público valerão em dobro.

    28
    Foto: Divulgação

    O Movimento Arredondar promoverá neste mês de julho uma grande campanha para reforçar, entre os capixabas, a prática de uma ideia simples, mas que gera muitos e importantes resultados.

    A partir da ação, presente nas lojas do Extraplus, o cliente pode arredondar (para cima, até o próximo número cheio) os centavos de sua compra, em dinheiro ou cartão, ao adquirir produtos nas unidades da rede. Assim, R$ 37,50, por exemplo, viram R$ 38,00.

    Os centavos arrecadados serão repassados a entidades como o Instituto Ponte (IP), onde os valores são aplicados na compra de vale transporte, uniforme e material didático dos alunos, oriundos de famílias de baixa renda, com boas notas em escolas públicas e que tenham disposição para enfrentar desafios e transformar suas vidas e a de suas famílias. O programa do IP consiste em propiciar a jovens talentos a oportunidade de terem uma educação de qualidade.

    Para incentivar a participação e conscientização dos clientes sobre a importância da doação, a rede de supermercados promoverá uma ação especial, de 16 de julho a 16 de agosto: neste período, as doações do público valerão em dobro. Ou seja, a cada arredondamento, o Extraplus irá doar a mesma quantia, impulsionando ainda mais a arrecadação.

    A iniciativa pretende reforçar o impacto que pequenas doações, em centavos, representam para instituições que atuam na melhora de importantes questões, como a educação no país e proteção ao meio ambiente. O Extraplus Supermercados possui 3 lojas, distribuídas nas cidades de Vitória e Vila Velha, no Espírito Santo, e que participam do movimento.

    Esse é um movimento muito importante para a sociedade e uma valiosa parceria para o IP, pois, ao mesmo tempo em que a iniciativa contribui para estimular a cultura da doação, seus resultados rendem recursos que ajudarão a fazer a diferença na vida de muitos jovens”, afirmou Bartira Almeida, fundadora e presidente do Instituto Ponte.

    Reconhecido em 2019, pelo segundo ano consecutivo, como uma das 100 Melhores ONGs do Brasil, de acordo com pesquisa do Instituto Doar, o IP tem contribuído para transformar a vida de centenas de jovens e adolescentes capixabas por meio da educação. Neste ano, a instituição está com 152 alunos, sendo 109 bolsistas em 16 escolas parceiras, além do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes).

    Assessora de imprensa: Rosane Freitas – Mille 4

    Comentários Facebook