CONCEIÇÃO DA BARRA: Radialista é lançado pré-candidato do PT à Prefeitura

     Paulinho Lima aposta na força do PT que deu boa votação em Conceição da Barra, ao ex-ministro Fernando Haddad, na disputa pela Presidência da República.

    174
    Radialista Paulinho Lima é candidato pela primeira vez em umaeleição

    Apostando na força dos militantes que garantiram nas eleições presidenciais boa votação para o então ex-ministro da Educação Fernando Haddad, o PT de Conceição da Barra lançou seu pré-candidato à Prefeitura nas eleições de outubro. Trata-se do radialista Paulinho Lima. Ao lado de Hélio Alves, antigo militante, forma a chapa prefeito e vice-prefeito.

    “Não temos ambição; temos trabalho”, resume Paulinho Lima que também é professor e locutor esportivo por muitos anos, no que aposta para chegar com mais facilidade aos eleitores. “Importante é que muita gente conhece nosso trabalho como em cerimoniais no município e animando na temporada de Verão, carnavais e passagem de ano, isso há 20 anos”, resume.

    Ele é residente em Braço do Rio, tem 46 anos e tentará, pela primeira vez, disputar uma eleição. Paulinho Lima é radialista, professor e microempresário. Ele relata que se mudou para Cobraice, em 1986. Depois foi para Braço do Rio. Paulinho afirma que tinha intenção de construir uma candidatura a vereador. Porém, o PT trabalhava outros nomes para a candidatura a prefeito e vice para a eleição suplementar.

    Disse que o diretório municipal do partido decidiu colocar o nome dele para a disputa marcada anteriormente para este mês de junho. O candidato a vice seria Hélio Alves, do Assentamento Paulo Vinhas. Entretanto, como a eleição suplementar foi suspensa pelo Tribunal Regional Eleitoral, Paulinho frisou que após reuniões o presidente do partido decidiu manter o nome dele como pré-candidato a prefeito para as eleições ordinárias, permanecendo Hélio como vice.

    Paulinho destaca a força que tem recebido de várias pessoas simpatizantes do Partido dos Trabalhadores de Conceição da Barra mas faz uma deferência especial a Edmundo Norberto, Chapoca, Dona Jurema, e Pedrão que considera “patrimônios e símbolos da luta dos trabalhadores”.

    E concluiu: “Até pessoas que nunca votaram no PT hoje já simpatizam com nossa candidatura, inclusive no meio empresarial do município”.

    TEXTO: HILMAR DE JESUS

    Comentários Facebook