SÃO MATEUS: Operação que prendeu empresário localiza mulher assassina em Guriri

Rita de Cássia acordou com os policiais na sua porta e não esboçou qualquer resistência.

369
Ilustração

Durante a operação policial denominada Sentinela, desencadeada na manhã desta terça-feira (30) no balneário de Guriri, a mesma que prendeu um empresário e mais 13 pessoas envolvidas em crimes como tráfico de drogas, assaltos e suspeita de assassinatos em São Mateus, resultou na localização de uma mulher acusada de homicídio.

A operação conjunta das polícias Civil e Militar em Guriri levou para a prisão Rita de Cássia Neves da Silva, 37 anos, que estava com prisão temporária decretada pela Justiça de São Mateus. A ação policial aconteceu por volta das 6h30.

A mulher foi localizada pelos policiais na rua 17 Lado Norte de Guriri sendo detida e conduzida para a Delegacia da cidade e posteriormente para o presídio.

De acordo com informações da Polícia Militar, Rita de Cássia teve prisão temporária decretada sob acusação de assassinato em São Mateus, mas não informa detalhes sobre o crime.

TEXTO: HILMAR DE JESUS

 

 

Comentários Facebook