JAGUARÉ:  Adolescente torturado até a morte por causa de drogas

O adolescente foi torturado com pancadas na cabeça e teve pés e mãos amarrados. O local é usado para o tráfico de drogas. Foi a segunda morte de envolvido com o tráfico, em Jaguaré.

198

Um bárbaro assassinato com requintes de crueldade aconteceu em uma casa abandonada usada por traficantes de drogas do bairro Seac, em Jaguaré. Foi lá que uma senhora encontrou o corpo do neto de 15 anos, identificado pelas iniciais L.F. Ele apresentava ferimentos na cabeça e estava com pés de mãos amarrados.

Os policiais da Companhia da PM de Jaguaré que estiveram no local registraram que a rua Linhares, onde ocorreu a morte do adolescente, é ponto de venda de drogas e esconderijo de traficantes. Pelas características da morte, há suspeita de que foi vingança, devido a dívida pela venda de drogas.

Segundo levantamentos dos policiais, adolescente foi torturado depois de ter as mãos e pés amarrados. O corpo estava no banheiro da casa.

Os policias chegaram ao local que fica em frente a mercearia Central, por volta das 14h30 e foram informados pela mulher que seu neto havia saído de casa por volta das

8 horas deste sábado (27) e foi informada por um morador que o adolescente estaria na residência onde foi encontrado morto, sendo espancado.

Um amigo que saiu pela manhã com o adolescente contou à avó que não sabia mais informações sobre o episódio e não forneceu nomes de suspeitos do crime.

A perícia da Polícia Civil de São Mateus que compareceu ao local constatou que o adolescente foi violentamente torturado com golpes que dilaceraram sua cabeça.

Esse foi o segundo assassinato de adolescente que acontece no Bairro Seac na semana. Dia 26 foi encontro o corpo de Santiago do Carmo Vieira, 18 anos, morto com vários tiros. Ele já havia sofrido um atentado ano passado por ocasião da Festa do Produtor de Jaguaré, segundo a família.

 

TEXTO: HILMAR DE JESUS

 

 

Comentários Facebook