Suspeito de participação em homicídio é preso por policiais civis na orla de Guriri

48

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus prendeu, nesse sábado (08), um dos suspeitos de participar de um homicídio ocorrido no dia 11 de novembro de 2019, no Centro do município. A prisão ocorreu na orla de Guriri, em São Mateus.

“Os policiais civis receberam a informação de que um homem de 26 anos, apontado como suspeito do homicídio, estaria na orla de Guriri e o conduziram para a delegacia. Durante o depoimento, ele alegou que o verdadeiro autor do crime era seu primo e que somente tentou ajudar a vítima no dia do crime. Após ser ouvido, ele foi liberado”, afirmou o responsável pela prisão, delegado Isaac Gagno.

Diante disso, os policiais seguiram até a orla de Guriri, local onde estaria o primo do suspeito. “Ele foi conduzido para prestar depoimento e afirmou que o verdadeiro autor das facadas foi seu primo, ou seja, o primeiro suspeito que nós ouvimos. Durante a oitiva, nós constatamos que o segundo conduzido possui um mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro praticado na Bahia e, por esse motivo, foi dada a voz de prisão para ele”, declarou Isaac.

O segundo suspeito foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Vila Velha V (PEVV V). Em relação ao primeiro suspeito e, considerando o verdadeiro envolvido no homicídio, o delegado explicou que aguarda a expedição do mandado de prisão. “Como não havia mais o flagrante, ele foi ouvido e liberado”, concluiu.

O crime

O responsável pelo caso informou que o motivo do crime foi porque a vítima estava assediando o possível suspeito e este não gostou das investidas. “As investigações apontam que os envolvidos estavam em uma praça, quando iniciaram a discussão e o suspeito esfaqueou a vítima, causando sua morte. Após o crime, o suspeito teria fugido para Guriri”, explicou.

Texto: Fernanda Pontes

Comentários Facebook