Homem atira contra grupo de pessoas em Guriri para saber quem roubou sua filha

Um adolescente de 15 anos que estava no local próximo ao Hotel Del Sol, sem saber de nada foi agredido com uma tapa na boca e disse que nunca viu o autor dos disparos e da agressão.

158

Um homem que esteava de carro em companhia de uma mulher, protagonizou uma cena de faroeste na noite desta terça-feira (7), no balneário de Guriri, disparando cinco tiros contra algumas pessoas, mas que por sorte não acertou nenhuma delas.

O caso foi registrado pela Polícia Militar como tentativa de homicídio, mas o homem conseguiu fugir em companhia da mulher e não foi identificado.

Consta do registro da PM que por volta das 21h20 a guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo na rua Mucurici, próximo à entrada de Barra Nova.

Ao chegarem ao local um senhor informou que um homem, careca, gordo e alto, caucasiano, sem camisa e de calção florido, acompanhado de uma mulher de cabelos cacheados e usando óculos, a bordo de um carro preto que parecia ser uma Fiat Pálio, parou o veículo e saiu de seu interior, portanto uma arma de fogo e dizia: “Quero saber quem roubou da minha filha!?”. Depois disso efetuou os disparos para o solo.

Um adolescente de 15 anos que estava no local próximo ao Hotel Del Sol, sem saber de nada foi agredido com uma tapa na boca e disse que nunca viu o autor dos disparos e da agressão.

Disse ainda que ninguém entendeu nada pois nunca tinham visto o autor dos disparos antes e ninguém sabe de nenhum roubo que tenha acontecido, todavia, julgam que o autor dos disparos estivesse sob efeito de alguma substância psicoativa (droga).

Buscas foram feitas em toda a região de Guriri, mas o autor dos disparos não foi localizado.

TEXTO: HILMAR DE JESUS

Comentários Facebook