SÃO MATEUS: Daniel da Açaí vai para mais uma etapa no TSE para sobreviver no cargo

O placar do julgamento está 2 a 1 pela absolvição do prefeito mateense e ainda quatro ministros vão votar. Já votou pela cassação a ministra relatora Rosa Weber.

183
Daniel tem dois votos favoráveis para se manter no cargo,.Restam quatro votos para concluir o julgamento.

O prefeito de São Mateus Daniel Santana Barbosa (PSDB) vai para mais um round para se manter no cargo do qual foi cassado na Justiça de São Mateus e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Vitória. A sobrevida do prefeito que se mantém por foça de liminar é, provavelmente, a sua última cartada este ano, já que na semana que vem começa o recesso do Judiciário em todo o País.

Se novamente algum ministro pedir vistas do processo fatalmente o caso será remetido para o ano que vem, exatamente poucos meses antes de novas eleições para prefeito e vereador que acontece em outubro de 2020. Até agora o placar é favorável à Daniel para permanecer à frente da administração.

A notícia de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pautou para a sessão da próxima terça-feira (17),a continuação do julgamento do recurso do prefeito, foi confirmada pela assessoria de imprensa do órgão,

Daniel teve o mandado cassado acusado de abuso de poder econômico nas eleições municipais de São Mateus em 2016. Teria usado o fornecimento gratuito de água para angariar votos no momento que a cidade passava por uma crise hídrica.

A continuidade do julgamento será feita com a leitura do voto do ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, que pediu vistas dos autos na sessão do dia 21 de novembro, após os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes, terem votado pela absolvição de Daniel da Açaí.

O placar do julgamento está 2 a 1 pela absolvição do prefeito mateense e ainda quatro ministros vão votar. Já votou pela cassação a ministra relatora Rosa Weber.

TEXTO: HILMAR DE JESUS

Comentários Facebook