Encontro debate a importância da Equipe Interdisciplinar no tratamento oncológico 

O evento acontece no dia 13 de dezembro, no auditório do Conselho Regional de Odontologia do Espírito Santo, e a médica paliativista Carolina Sarmento falará sobre anamnese espiritual

42
Foto Divulgação

O tratamento oncológico envolve etapas diversas e para cada uma delas existe um time profissional especializado para oferecer o melhor atendimento. Daí a importância da atuação da equipe interdisciplinar, que desenvolve papel importante e essencial durante cada fase do tratamento. Com o objetivo de ampliar discussões relevantes sobre o trabalho dessa equipe, formada por especialistas de diferentes áreas, o Centro Capixaba de Oncologia (Cecon/Oncoclínicas) realiza nesta sexta-feira (13), o 1º Encontro Interdisciplinar em Oncologia. “Uma visão de Excelência no Tratamento Oncológico” é o tema do evento, que vai reunir profissionais e acadêmicos da área da saúde.

O encontro será no auditório do Conselho Regional de Odontologia do Espírito Santo (CRO), das 8h40 às 15h15. As inscrições são limitadas. O evento contará com a presença dos médicos do Grupo Oncoclínicas, a especialista em hematologia e hemoterapia, Regina Chamon e referência em medicina Integrativa e o médico paliativista e geriatra, André Junqueira, referência em cuidados paliativos no estado e no país.

A Drª Regina Chamon explica que a pessoa em tratamento de câncer tem uma série de áreas da vida afetada, tanto na esfera física quanto na esfera emocional, social e espiritual. “Por isso é fundamental que ela seja acompanhada por uma equipe de profissionais que trabalhem em parceria para atender a todas estas necessidades.

Mas o mais importante é que o próprio paciente tenha autonomia no seu autocuidado. A Oncologia Integrativa utiliza práticas que exatamente estimulam esta autonomia e promovem o autocuidado. Não são apenas técnicas como Yoga e meditação, mas sim como é possível utilizar estas técnicas integradas ao tratamento oncológico para uma melhor resposta do paciente ao tratamento”, destaca a médica.

A programação também inclui palestra com a médica paliativista do Cecon/Oncoclínicas, Carolina Sarmento, que abordará o tema anamnese espiritual. Na anamnese clínica geralmente o médico observa dados objetivos e subjetivos para melhor conhecimento do paciente. A proposta da médica do Cecon é abordar e tratar do paciente oncológico também na esfera espiritual. “Vou falar de que maneira o profissional de saúde pode abordar o paciente na esfera da espiritualidade”, explica a Drª Carolina.

A médica considera importante o trabalho realizado pela equipe interdisciplinar e destaca que o Cecon/Oncoclínicas cuida do paciente e de seus familiares de maneira completa e humanizada. “A equipe compreende que o impacto da doença vai muito além do aspecto físico, o time tem olhado e cuidado de outros sofrimentos frequentes, como o social, o psicológico e o espiritual, promovendo uma assistência completa ao paciente”, ressalta a médica Carolina Sarmento.

A equipe interdisciplinar do Cecon/Oncoclínicas, que promove o evento, compõe a Comissão de Terapia Antineoplásica (EMTA) da clínica e tem por objetivo acompanhar os pacientes durante o tratamento, entendendo sua dimensão “biopsicosocialespiritual”. Desde o diagnóstico até o acompanhamento após o tratamento, os profissionais atuam de forma integrada e especializada. A equipe interdisciplinar é composta por oncologista, paliativista e profissionais de psicologia, assistência social, farmácia, nutrição, odontologia e enfermagem. O objetivo é atender o paciente em tratamento e seus familiares com atenção ampliada e exclusiva, promovendo qualidade de vida, bem-estar e o cuidado integral.

Serviço

1º Encontro Interdisciplinar em Oncologia

 Tema: Uma visão de excelência no tratamento oncológico

Data: 13/12/2019

Horário: 8h40 às 15h15

Local: Auditório do Conselho Regional de Odontologia (CRO)
Endereço: Av. Leitão da Silva, 1.375, Gurigica, Vitória – ES

Público-alvo: Profissionais da área de saúde, operadoras de saúde, acadêmicos e residentes da área da saúde.

TEXTO: Luiza Medina – Pauta 6 

 

 

P6_jpg

 

 

Comentários Facebook