Bancada capixaba cobra soluções urgentes da União para remover óleo em praias do Estado

Deputados e senadores devem recorrer à Petrobras em busca de tecnologia para conter avanço do óleo pelas costas nordestina e capixaba

13
Foto: Moisés de Oliveira

A bancada do Espírito Santo vai cobrar da União e órgãos federais – entre eles a Petrobras – soluções urgentes para remover os fragmentos de óleo que começaram a chegar no litoral capixaba dia 7 de novembro. A decisão foi tomada em reunião dos parlamentares em Brasília, nesta terça-feira (12). Conforme registros oficiais, no Estado os vestígios de óleo já atingem 15 pontos de oito praias localizadas nos municípios de São Mateus, Conceição da Barra e Linhares.

São preocupações da bancada, contou a senadora Rose de Freitas (PODE-ES), além do desastre ambiental, a saúde pública e economia local. “As consequências na economia são enormes. Então, vamos procurar uma saída pelo lado técnico e também compartilhar preocupações com a União. Nós temos muitas perguntas e queremos respostas”, enfatizou.

A senadora ressaltou ainda ser preciso  verificar com a “Petrobras se existe alguma tecnologia capaz de ajudar a combater as consequências dramáticas desse óleo”. “Queremos saber se a estatal procurou por técnicas especiais que possam evitar esses danos, os quais vão contaminar praias e trazer tantas consequências econômicas e para a saúde dos cidadãos”.

Coordenador da bancada capixaba, o deputado federal Josias Da Vitória (Cidadania-ES) assegurou que os parlamentares unirão forças para ajudar as cidades atingidas pelo óleo. “Hoje, deliberamos sobre avançar com a União o diálogo e também com os órgãos federais para que possam dar uma atenção muito maior a este problema. Um problema que não é só do nosso Estado: é do Brasil e também de todas as pessoas que esperam nossa ajuda”, afirmou.

Com Informações: Assessoria de Comunicação

Comentários Facebook