Transexual é assassinada com várias facadas em Guriri

824

Um mistério envolve o assassinato de uma transexual na madrugada desta sexta-feira no Balneário de Guriri, em São Mateus. A vítima, possivelmente uma andarilha, foi encontrada por volta das 4 horas perto do supermercado Real na Avenida Othovarino Duarte Santos.

Quando os policiais de uma radiopatrulha da Polícia Militar chegaram ao local encontraram a transexual bastante ferida e constataram que havia perdido muito sangue.

Imediatamente a vítima foi levada para o Hospital Roberto Silvares e não resistiu quando recebia os primeiros socorros, e morreu, sem ates dizer aos policiais e enfermeiros em que circunstância foi esfaqueada.

De acordo com a ocorrência a transexual apresentava vários ferimentos pelo corpo e possivelmente teria sido consequência de briga entre moradores de rua que voltaram a ocupar as calçadas de lojas e estabelecimentos comerciais de Guriri.

Apesar desta primeira hipótese, não está também descartada a possibilidade de algum desentendimento com a realização de um programa malsucedido.

O corpo da transexual que não portava documentos, foi encaminhado para o Serviço Médico Legal de Linhares.

 TEXTO: HILMAR DE JESUS

Comentários Facebook