Espírito Santo participa do 1º Fórum Comercial e de Investimentos Brasil-Rússia

Participarão do encontro algumas das principais empresas russas, que também estarão no Brasil por ocasião da visita do Presidente da Federação da Rússia, Vladimir Putin, que chega a Brasília em 13 de novembro

72

A capital do Brasil, Brasília, receberá, no mês de novembro, eventos que marcam a reunião da Cúpula dos Países BRICS, formada por China, Rússia, Brasil, Índia e África do Sul. Dentre os acontecimentos programados para o período está o 1º Fórum Comercial e de Investimentos Brasil-Rússia, realizado no Museu Nacional, no dia 11 de novembro.

Dentre as entidades participantes do evento, que tem objetivo de firmar novas frentes de negócios, está a Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo do Espírito Santo, aberta no último 1º de outubro, em cerimônia oficial no Palácio Anchieta. A entidade será representada pelo advogado Ulisses Borges de Resende, chefe da Câmara, que mediará um painel de uma hora voltado a discutir as oportunidades de comércio exterior e investimentos no ES.

Durante o painel, quem falará em nome do Espírito Santo será o Governador Renato Casagrande, convidado pelo Embaixador da Federação da Rússia no Brasil, Sergey Akopov. O convite aconteceu após a inauguração do escritório capixaba da Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e será uma oportunidade para estreitar ainda mais os laços do Estado com o país europeu.

Participarão do encontro algumas das principais empresas russas, que também estarão no Brasil por ocasião da visita do Presidente da Federação da Rússia, Vladimir Putin, que chega a Brasília em 13 de novembro. Ele será dividido em painéis setoriais, e serão feitos pronunciamentos de altos dignitários de governos estaduais, da Apex-Brasil e outras organizações brasileiras e russas, sendo expostas novas oportunidades com potencial de interesse recíproco.

Além de abrir novas frentes de negócios, o 1º Fórum Comercial e de Investimentos Brasil-Rússia busca o estabelecimento de uma comunicação integrada permanente entre empresas brasileiras e russas e o incentivo à relação bilateral de investimentos.

Foto: Hélio Filho/Secom.

TEXTO: Fernando Correia

 

 

Comentários Facebook