Fórum Estadual promove debate sobre Sífilis nesta sexta-feira

18

Neste sábado (19) é lembrado o Dia Nacional de combate à Sífilis e à Sífilis Congênita. No Espírito Santo, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio da Coordenação Estadual de IST/HIV/AIDS, promove nesta sexta-feira (18), o 14º Fórum Estadual sobre Sífilis adquirida, Sífilis em gestante e Sífilis congênita.

Voltado aos profissionais que atuam na Atenção Primária à Saúde, Vigilância em Saúde e Maternidades do Estado e municípios, o fórum acontece no Auditório da Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport), em Bento Ferreira, Vitória.

Com o objetivo de debater as ações de combate à Sífilis realizadas durante o ano de 2019 em todos municípios do Estado, cuja finalidade é atingir 0,5 casos de Sífilis congênita para cada mil nascidos vivos até o ano 2020, o evento também mostra o atual panorama estadual dos desafios e as estratégias de enfrentamento.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids, Sandra Fagundes, o maior desafio tem sido incentivar municípios e serviços ao aumento da realização de testes rápidos.

“Considerando a sífilis uma patologia milenar que apresenta métodos de diagnósticos simples e tratamento eficaz, esse tem sido o nosso desafio este ano, o de incentivar municípios e serviços ao aumento da realização de testes rápidos para diagnosticar a sífilis em adultos e tratar o mais rapidamente possível, interrompendo assim a cadeia de transmissão sexual”, disse.

Sífilis e Sífilis Congênita

A Sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) curável e causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária).

A Sífilis Congênita é uma doença transmitida para criança durante a gestação (transmissão vertical). É importante fazer o teste para detectar a sífilis durante o pré-natal para fazer o tratamento da gestante e evitar a transmissão. A doença pode trazer complicações à mãe e à criança, como aborto espontâneo, parto prematuro, má-formação do feto, surdez, cegueira, deficiência mental e/ou morte ao nascer.

Dados

A coordenação do Programa de IST/Aids, da Sesa, informa que o número de casos novos de sífilis em adultos triplicou nos últimos seis anos, em 2012 foram 1.469 casos, quando iniciou a notificação obrigatória de casos de sífilis adquirida no Brasil, conforme Portaria Ministerial nº 2.472, de 31 de agosto de 2010, e em 2018 foram diagnosticados 4.538 de sífilis adquirida.

De janeiro a agosto deste ano o Estado registrou 3.318 casos. Em relação à sífilis congênita, o Espírito Santo registrou queda nos números nos últimos dois anos. Em 2017, foram 734 casos e em 2018, 602 casos. De janeiro a agosto de 2019 foram confirmados 331 casos.

Ações de combate

São realizadas, ao longo do ano, ações que têm o objetivo de diminuir os casos de sífilis no Estado, como a capacitação e treinamentos realizados pelo Programa Estadual de IST/Aids aos municípios sobre Manejo Clínico em Sífilis e Sífilis Congênita, e em testes rápidos; a distribuição de Teste Rápidos para detecção da doença; distribuição de preservativos penianos, vaginais e de gel lubrificante. Além de campanhas educativas e a realizações de Testes rápidos por meio da Testagem e Aconselhamento (CTA) Itinerante.

A coordenação ressalta que além da identificação da doença, por meio de testes rápido de sífilis, os pacientes têm acesso ao tratamento gratuito nas Unidades Básicas de Saúde.

Programação:

9h – Abertura Oficial pelas autoridades

9h às 11h – Mesa Redonda: “Ações de combate a sífilis: Desafios e Estratégias”

Debatedores: Regional Norte, Sul, Central e Metropolitana. Representantes da APS, Maternidades e Vigilâncias em Saúde.

Sífilis:

– Como estamos: Alba Valéria Oliveira
– Importância e fluxos da maternidade: Ary Célio Oliveira
– Experiência da Atenção Primária da Regional Norte no combate à sífilis
– Experiência da Atenção Primária da Regional Metropolitana no combate à sífilis
11h às 12h: Discussão com a Plenária
12h: Encerramento

Serviço:
14º Fórum Estadual sobre Sífilis adquirida, Sífilis em gestante e Sífilis congênita.
Dia: 18 de Outubro
Horário: 9h às 12h
Local: Auditório da Sesport (Av. R. Cel. Schwab Filho, S/N, Bento Ferreira, Vitória).

Com Informações: Assessoria de Comunicação da Sesa

Comentários Facebook