Projetos dos terminais do aquaviário saem em 120 dias

Marcelo Santos garante que sistema inicia suas operações em 2020 atendendo Cariacica, Vitória e Vila Velha com quatro pontos de embarque e desembarque

43
Deputado Marcelo Santos confiante nos prazos

O sistema de transporte aquaviário da Grande Vitória está cada vez mais perto de retornar à sua operação. O governo do Estado, através da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi), publicou no Diário Oficial do Espírito Santo a homologação do contrato com a empresa vencedora para fazer o projeto executivo dos trapiches, ou seja, os pontos de embarque e desembarque de passageiros. A previsão é que os barcos iniciem suas operações no próximo ano.

A empresa será responsável pelo planejamento da construção de quatro píeres – dois em Vitória (Enseada do Suá e Centro) um em Vila Velha (Prainha) e um em Cariacica (Porto Santana).  Os pontos de embarque foram escolhidos para integrar a Grande Vitória, em locais com grande fluxo de pessoas e com integração com sistema de ônibus.

O deputado estadual e presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa, Marcelo Santos explica os próximos passos para que o sistema reinicie suas operações. “Essa publicação dá publicidade à empresa que venceu a licitação para a elaboração dos projetos executivos das pontes de embarque. Eles terão até 120 dias para entregar todo o material pronto, mas pode liberar cada um deles à medida que forem finalizando cada projeto”, contou o deputado lembrando que, em seguida, o governo irá contratar a empreiteira que irá executar as obras de construção dos píeres e a empresa que irá operar todo o sistema.

“Depois de um longo trabalho de pesquisa e reuniões na Comissão de Infraestrutura, fornecemos um material robusto de informações para que a Semobi contrate a empresa que irá operar o aquaviário na Grande Vitória, com sugestão para embarcações movidas à diesel, com capacidade de transportar entre 100 e 150 passageiros, bicicletas, totalmente climatizado e com acessibilidade”, lembrou Marcelo Santos.

 

Com informação Guto Neto

Foto: Bruno Fritz 

Comentários Facebook