Calçamento rural melhora qualidade de vida em 82 comunidades do Estado

Para subsecretário de Infraestrutura Rural da Seag, Rodrigo Vaccari, as regiões contempladas ganham novas perspectivas de mobilidade tanto para quem caminha quanto para quem dirige.

21

Pensando na mobilidade e no bem-estar dos moradores e trabalhadores do campo, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), investiu quase R$ 7 milhões em calçamento rural, beneficiando 82 comunidades de 26 municípios do Estado.

Sem lama, poeira ou buracos, as ruas das localidades beneficiadas contam com calçamentos construídos em parceria com as prefeituras. A Seag fornece os blocos e os meios-fios e as administrações locais ficam responsáveis pela execução das obras.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto, um dos papéis da gestão é integrar os âmbitos estadual e municipal. “Com os Programas Calçamento Rural e Ponte Rural, por exemplo, conseguimos estreitar as relações com as prefeituras e trabalhar em conjunto para atender com excelência e eficiência a população dos municípios”, explicou.

Para subsecretário de Infraestrutura Rural da Seag, Rodrigo Vaccari, as regiões contempladas ganham novas perspectivas de mobilidade tanto para quem caminha quanto para quem dirige.

“O calçamento rural viabiliza mais qualidade de vida e bem-estar social aos trabalhadores e trabalhadoras do campo. Quando o calçamento chega às comunidades, a gente facilita o acesso da população rural às sedes das cidades”, destacou.

José Pedro Bravin, produtor rural de Alfredo Chaves, é um dos muitos capixabas que está satisfeito com o novo calçamento. Ele é morador da comunidade de Ibitiruí, que recebeu o investimento da Seag este ano.

“Quando chovia, ninguém conseguia passar. A estrada ficava cheia de buracos e lama. Agora, o povo da comunidade consegue passar com os veículos tranquilamente. Eu produzo leite, banana e café, e poderei distribuir meus produtos com mais facilidade e segurança”, afirmou.

Com Informações: Texto: Carlos Pereira Foto: Claudio Costa

Comentários Facebook