Mais de 15 mil motoristas tem CNH suspensa em 2019, no ES

Média é de 57 suspensões por dia, segundo dados do Detran. De janeiro até 3 de outubro, 15.570 condutores tiveram a carteira de habilitação suspensa no estado.

19
Carteira Nacional de Habilitação (CNH) — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Mais de 15 mil motoristas tiveram a carteira de habilitação suspensa no Espírito Santo em 2019. Por dia, uma média de 57 condutores recebem a suspensão. Os dados são do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES).

De janeiro a 3 de outubro de 2019, foram 15.570 suspensões de Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Outros 532 motoristas tiveram a carteira cassada, ou seja perderam a licença para dirigir de forma definitiva.

“A suspensão é uma paralisação por um determinado período do direito de dirigir da pessoa. Na cassação, ele praticamente perde a CNH. A suspensão é a primeira medida. Ele pode ir acumulando uma pontuação ou pode ter cometido uma infração que gere uma suspensão direta. Por exemplo, conduzir sob efeito de álcool gera suspensão de 12 meses, o excesso de velocidade, acima de 50% também gera essa suspensão em 12 meses”, disse o gerente de fiscalização do Detran, Wylis Lyra.

Notificação

Os condutores que têm a suspensão ou cassação da carteira de habilitação são notificados da abertura do processo administrativo. Isso pode ser feito por uma mensagem de SMS, por documento enviado via Correios e, caso não haja confirmação de recebimento, o Detran faz a comunicação por meio de publicação no Diário Oficial.

Depois de suspenso

O motorista que tem a CNH suspensa precisa esperar o tempo determinado pelo Detran, após o fim do processo, para ter novamente o direito de dirigir.

Com Informações: G1 ES

Comentários Facebook