Mulher luta com bandido e evita que filha seja sequestrada em São Mateus

O carro da técnica em edificações Lilian Gomes de Souza foi levado no assalto em frente ao Sesc de São Mateus no final da tarde desta terça-feira. Vereador pede audiência pública e que o governador Casagrande tome medidas para melhorar a segurança em São Mateus.

180

Roubo de carros em São Mateus já se tornou corriqueiro, mas da forma que aconteceu na tarde desta terça-feira foge aos limites. Para evitar que o carro fosse roubado com a filha de seis anos dentro, a técnica em edificações Lílian Gomes de Souza entrou em luta corporal com um dos ladrões, enquanto o outro ficou à distância. A filha ela conseguiu retirar do carro, mas o veículo um Fiat Punto placa ODI-5910 foi levado pelo bandido que estava armado com um revólver.

O assalto aconteceu por volta das 17h30 na Avenida Coronel Constantino Cunha, no Bairro Fátima, em frente ao Sesc de São Mateus. Como era horário de saída de alunos, vários pais presenciaram as cenas do assalto e o momento que Lilia lutou com o bandido para evitar o pior: o sequestro da filha.

A técnica em edificações contou à reportagem que somente 40 minutos depois que ocorreu o assalto e ela já se encontrava na Delegacia da Polícia Civil que fica a menos de 1 quilômetro do local, é que uma guarnição da Polícia Militar chegou ao local para tomar conhecimento da ocorrência.

O assalto ganhou repercussão imediata na Câmara de São Mateus onde o vice-presidente Carlos Alberto Gomes Alves (PSB) denunciou a falta de segurança na cidade e pediu ao presidente Jorge Recla, o Jorginho Cabeção a realização de audiência pública para discutir a falta de segurança na cidade.

TEXTO: HILMAR DE JESUS  

 

 

Comentários Facebook