Última semana da exposição internacional de arte naïf no Museu Mello Leitão

18

Até o último domingo (1), cerca de 10 mil visitantes passaram pela mostra que reúne 84 obras de 43 artistas de diversos países. Pinturas da escritora teresense Virginia Tamanini, também estão expostas.

Com o propósito de conectar a diversidade artística contemporânea, com sua vasta cultura tradicional, está em exposição até o próximo dia 8 de setembro, no Pavilhão de Botânica do Museu Mello Leitão, em Santa Teresa, a “4ª Mostra Internacional de Arte Naïf – Universo da Alma Ingênua” e “A Pintura Primitiva de Virgínia Tamanini”.

Sucesso de público a mostra já recebeu cerca de 10 mil visitantes e conta com 43 grandes nomes da arte naïf de diversos países e 84 obras de diferentes tamanhos e formatos, nas quais os participantes expressam em suas telas cenas do cotidiano com paisagens naturais e urbanas.

Um dos destaques são as 12 pinturas da escritora teresense Virginia Tamanini, como explicou o produtor da exposição, Rogério Dalmonch.

“A mostra teve uma repercussão extremamente positiva para a sociedade teresense e para os visitantes. A riqueza de detalhes da história da Virginia Tamanini e a disposição das obras tem chamado bastante atenção. É um diálogo entre a cultura e o meio ambiente e envolver a cultura local com artistas internacionais estimulou bastante estudantes, professores, artistas, profissionais de outras áreas e pessoas que passaram pelo pavilhão”, destacou o produtor.

A mostra, que começou no dia 26 de junho – em comemoração aos 70 anos do Museu Mello Leitão – se encontra no Pavilhão de Botânica e chama a atenção pela profusão de cores e diversidade dos quadros, despertando a curiosidade do público.

A advogada Bruna Lepaus se encantou com o que viu. “É um lugar muito gostoso para trazer a família e passear. Tem muita cultura do município e é sempre bom conhecer essa história”, disse.

A produção também cumpre uma importante tarefa sócio educativa com o projeto pedagógico “Arte na Educação” e cerca de 2 mil alunos das redes pública e privada, de vários municípios do Espírito Santo, visitaram o local.

A exposição foi organizada pela artista plástica Ângela Gomes e pelo produtor cultural, Rogerio Dalmonch, com realização do Instituto Nacional da Mata Atlântica e da Prefeitura de Santa Teresa.

 Serviço:

4ª Mostra Internacional de Arte Naif – Universo da Alma Ingênua” e “A Pintura Primitiva de Virgínia Tamanini”

Até domingo, dia 8 de setembro

Local: Pavilhão de Botânica do Museu Mello Leitão, em Santa Teresa-ES

Horário: 8h às 17 horas

Entrada gratuita

Realização: Instituto Nacional da Mata Atlântica e da Prefeitura de Santa Teresa.

Comentários Facebook