Parentes e amigos no último adeus ao jornalista José Joaquim Nunes

71
Legenda da foto: Repórter fotográfico José Joaquim Nunes, morreu aos 75 anos (Foto: Acervo Pessoal)

 

Foi sepultado nesta manhã de quarta-feira, no Cemitério de Santo Antônio, em Vitória, o fotografo e jornalista José Joaquim Nunes. Ele morreu aos 75 anos, nesta terça-feira (20), vítima de enfisema pulmonar. Joaquim atuou como editor de fotografia do jornal A Tribuna por três anos, na década de 1970.

Além de A Tribuna, Joaquim também atuou em outros veículos de Comunicação, tais como O Diário, Jornal da Cidade, e A Gazeta. Ele foi o primeiro cinegrafista da TV Gazeta, quando foi inaugurada em 1976, e também fez parte da diretoria do Sindicato dos Jornalistas do Espírito Santo, que divulgou uma nota de pesar pelo falecimento.

Joaquim é pai do repórter fotográfico Fábio Nunes, que trabalha no jornal A Tribuna. Nas redes sociais, jornalistas e outros amigos manifestaram solidariedade a Fábio Nunes e a toda a família. Ele foi descrito como “um profissional correto e parceiro de trabalho”.

O presidente da Associação de Portugueses do Espírito Santo (Apes), Alexandre Mendes, também manifestou pesar, nas redes sociais. “Em nome pessoal e da Apes, deixo os mais sinceros sentimentos à família”, escreveu.

Tivemos o privilégio de conhecer e trabalhar com Joaquim Nunes no início da década de 70 como jornalista no Jornal O Diário e posteriormente em A Tribuna. “Era um grande amigo, sincero e correto em suas atitudes. Descanse em Paz!!!”

TEXTO: HILMAR DE JESUS

Com informações /Tribuna Online

 

 

Comentários Facebook