Adolescente de 17 anos, com depressão, se mata enforcado em Guriri

1643

Um jovem de 17 anos identificado pelas iniciais A.C.M.T., cometeu suicídio se trancando no quarto de sua casa e amarrando um cinto no pescoço. O corpo dele foi encontrado por familiares que ainda na esperança de salvá-lo acionaram o Corpo de Bombeiro, mas era tarde: o jovem estava morto quando a guarnição chegou.

A trágica morte do rapaz aconteceu na Rua 12 do Balneário de Guriri e, segundo familiares, a vítima vinha passando por problemas de depressão, inclusive com acompanhamento médico: tomava remédios antidepressivos.

De acordo com informações de policiais militares que atenderam à ocorrência, o rapaz morava com a mãe e o padrasto, e que ultimamente começou a apresentar problemas de saúde, mas não informava os motivos.

Um tio do adolescente disse que ele estava sozinho em casa e quando a mãe chegou estranhou que a porta do quarto estava trancada e chamou vizinhos que a ajudaram a arromba-la. Ao abrir encontrou o filho caído ao chão com o cinto entrelaçado ao pescoço e que ao verificarem, já não esboçava mais reação.

Mesmo assim, no desespero, os familiares acionaram o Corpo de Bombeiro, porém a equipe ao chegar no local verificou que o rapaz já estava sem vida. Segundo familiares a vítima estava passando por problemas de depressão e fazia uso de medicamentos controlados.

 

Comentários Facebook